NEWS!

Brasil Game Show E O Compromisso Social

Brasil Game Show E O Compromisso Social

Olá, queridos leitores. Tudo bem? Após uma semana muito agitada, mas compensadora, participando da 11ª edição da Brasil Game Show ou BGS2018, vou contar um pouco para vocês sobre a ação social que a BGS pratica, não só através da arrecadação de alimentos, os quais são destinados à algumas organizações, como também através do espaço oferecido à algumas instituições no Pavilhão de Exposições.

Que trabalho lindo, não é?

No último sábado, quarto dia da BGS, tive a oportunidade de conhecer um pouquinho do trabalho das instituições Casa de David e APAE e ver de perto o quanto é importante esta ação desenvolvida.

Mas, antes de continuar, vamos conhecer um pouco sobre ambas?

Casa de David

Tenho certeza que, senão todos, a maioria de vocês já ouviu falar na Casa de David. Fundada em 1962, por Marlene Simoni Soares, é uma instituição sem fins lucrativos, a qual hoje, é referência no atendimento à pessoas com deficiência intelectual, física e autismo.

O trabalho desenvolvido pela instituição é feito com extrema dedicação e carinho às pessoas que necessitam de auxílio constante, em sua maioria carentes ou abandonados. Com atendimento prestado à mais de 400 pessoas, o trabalho é feito em regime de internação, funcionando 24 horas por dia, com o auxílio de equipes especializadas nas áreas de saúde, educação, assistência social e administração.

Hoje, a Casa de David conta com um Centro de Reabilitação com unidades assistenciais, refeitórios, cozinhas, quadras, fisioterapia, odontologia, terapia, auditório e outros locais próprios para uma assistência adequada aos pacientes. São mais de 500 profissionais envolvidos nesse trabalho belíssimo.

Casa de David 1024x768 - Brasil Game Show E O Compromisso Social

Alguns pacientes da Casa de David, os quais me receberam com bastante alegria no estande.

Para se manter, a Casa de David conta com a ajuda do Ministério da Saúde (SUS), através da verba repassada pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, porém o valor não é suficiente para manter a instituição. Por essa razão, a Casa de David conta também, com o auxílio de empresas parceiras, como a EMTU, a Universidade de Guarulhos (UNG), o Centro Universitário Nove de Julho (UNINOVE), a FEHOSP (Fundação das Santas Casas e Hospitais Beneficientes do Estado de São Paulo), a Brasil Game Show (BGS) e muitos outros parceiros que fornecem vários serviços como iluminação, pintura, engenharia, etc. Além disso, a Casa de Davi recebe doações de Notas Fiscais Paulistas e de empresas, através do Incentivo Fiscal.

Apesar de toda a ajuda recebida, ainda é muito pouco para um trabalho tão grande!

Para 1uem quiser conhecer mais sobre a instituição, acesse aqui.

APAE de São Paulo

A Associação De Pais e Amigos dos Excepcionais de São Paulo (APAESP) tem como objetivo o auxílio integral à pessoas com deficiência intelectual e múltipla, prestando serviços de educação, saúde, assistência social e atendendo muitas pessoas com deficiência.

Em meio a todo trabalho desenvolvido pela instituição, destaca-se o teste do pezinho, realizado nos hospitais da rede pública, a prática de esportes e o desenvolvimento da linguagem artística como instrumento pedagógico na formação e desenvolvimento de pessoas com deficiência.

Mas o trabalho dessa instituição não para por ai. Eles são responsáveis por auxiliar as pessoas com deficiência desde o ciclo básico de vida, garantido proteção dos direitos em qualquer instância, capacitando profissionais nos mais diversos ofícios e trabalhando a questão da autogestão, para um melhor convívio em família e em sociedade. Além disso, o Instituto de Ensino e Pesquisa APAE de São Paulo fornece vários cursos à distância, palestras e todo um material científico para quem atua em qualquer área de atendimento às pessoas com deficiência.

Apae e SpeedRuns 1024x768 - Brasil Game Show E O Compromisso Social

Colaboradores da APAE.

Hoje, a APAE conta com a colaboração de vários parceiros, nacionais e internacionais, como Ambev, Bradesco, Cielo, Itaú, Grupo Pão de Açúcar, Inclusion International, Natura, Pacto Global, Sodexo e muitos outros.

Para quem quiser conhecer mais sobre a APAE, basta clicar aqui.

As Instituições na BGS

Ambas instituições tiveram um espaço cedido na BGS, onde puderam apresentar um pouco do seu trabalho e incentivar o público presente a conhecer e ajudar de alguma forma, para que esse trabalho continue.

A Casa de David apresentou um trabalho desenvolvido através da Gameterapia. Para quem não conhece, é um trabalho de fisioterapia feito através do uso de jogos eletrônicos, para auxiliar no desenvolvimento, principalmente físico e neurológico.

Segundo a fonoaudióloga da instituição, Paola Perazzolo, a atividade auxilia os pacientes no desenvolvimento cerebral, torna as sessões de fisioterapia mais dinâmicas e menos monótonas, diminui a ocorrência de depressão, acalmando o paciente, melhora atividade motora, entre outros benefícios.

O instituto utiliza no tratamento jogos de Kinect do Xbox 360 e de Nintendo Wii. Além disso, a Gameterapia proporcionou à instituição essa belíssima parceria com a Brasil Game Show, que doa à ela parte dos alimentos arrecadados através do público que visita o evento.

A APAE, este ano, desenvolveu um trabalho diferente e interessante. Para atrair o público, a instituição contou com a participação de Speedrunners, que são gamers focados em zerar os jogos o mais rápido possível.

Essa iniciativa contou com aproximadamente 30 jogadores, em um dos estandes com consoles e games antigos, os quais fazem parte da comunidade Speedruns Brasil e, onde o público poderia interagir via Twitch com os jogadores e aproveitando para deixar sua doação à instituição, valendo brindes e sorteios.

Uma outra instituição presente e a qual teve o auxílio da Brasil Game Show também foi a Rotary E-club 4430, expondo seu trabalho ao público visitante.

Além da ação social promovida pela Brasil Game Show, uma coisa que me chamou muito a atenção desde a edição anterior do evento, em 2017, foi a oportunidade de trabalho que o evento dá à pessoas portadoras de necessidades especiais. Logo na entrada, podemos ver inúmeras pessoas prontas para nos receber, passar informações, tirar dúvidas, encaminhar o público à entrada do evento e não para por aí. Na edição deste ano, pude ver várias pessoas, portadoras de Sindrome de Down, circulando pelo evento.

Achei a iniciativa extremamente importante e pude até conversar com uma dessas pessoas, Marlene, para poder ouvir o quanto essa oportunidade estava sendo importante para ela.

Marlene 768x1024 - Brasil Game Show E O Compromisso Social

Marlene conversou um pouquinho comigo e me falou sobre a importância da oportunidade dada à ela.

Espero que vocês tenham gostado. Procurei a assessoria de imprensa da BGS para poder contar a vocês um pouquinho sobre esse trabalho belíssimo e tão importante. Gostaria de deixar um agradecimento especial à Lívia Melo, da Rosa Arrais Comunicação, pelo tempo dedicado a me atender, à paciência por ter andado comigo pelo evento, mesmo lotado (rs) e pela simpatia e cuidado ao me passar todas as informações.

Agradeço também aos funcionários e parceiros da Casa de David e da APAE, os quais me receberam muito bem. E claro, não poderia deixar de parabenizar a iniciativa da BGS em auxiliar essas instituições.

Vou ficando por aqui! Beijos e até a próxima!

_________________________________________________________________________

Se você gostou deste artigo, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

 < x >

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net, Professora de Língua Portuguesa e Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.