NEWS!

A Origem Do Verdadeiro Halloween

A Origem Do Verdadeiro Halloween

Olá, queridos leitores. Não há nada mais propício, hoje, 31 de outubro, do que falarmos sobre Halloween. Quero contar um pouco para vocês sobre a história, crenças e curiosidades sobre esta data a qual tem tomado cada vez mais força em nosso cenário. Vamos lá?

Para quem não sabe, o Dia das Bruxas, ou Halloween, dependendo de onde você estiver, é uma celebração comemorada em vários países, no dia 31 de outubro, às vésperas do feriado cristão chamado Dia de Todos os Santos.

Entre as atividades características do Halloween estão as festas à fantasia, a prática do “doces ou travessuras” (em inglês, trick or treat), decorar a casa com artigos típicos da ocasião, fazer lanternas com abóboras, fogueiras, contar histórias assustadoras e assim por diante. Porém, em muitas partes do mundo são realizadas vigílias cristãs, onde é comum frequentar cultos na igreja e acender velas para os mortos.

Etimologia

A primeira vez que se tem registro do uso do nome Halloween, data do ano de 1745 e trata-se de uma contração do termo escocês All Hallows´Eve, que significa véspera do Dia de Todos os Santos. O termo passou para Hallow Evening (Noite Sagrada) e logo para Halloween. Ilustrando:

Figura1 - A Origem Do Verdadeiro Halloween

Um pouquinho da História

Muitas pessoas acreditam que o Halloween originou-se de uma celebração celta, um antigo festival de colheita, o Samhain, o qual acabou sendo convertido pela igreja primitiva, lá do começo do cristianismo pós Ressureição de Cristo. Aqui, existe uma divergência de opiniões: uns acreditam que o Samhain originou o Halloween e tem raízes pagãs; outros, acreditam que o Halloween se originou, independente da tradição do Samhain. Nada foi comprovado até hoje.

Embora o Halloween tenha sido reduzido à abóboras, bruxas e ao famoso: “doces ou travessuras”, a origem não tinha nada a ver com isso. Não existe nada registrado, infelizmente. Essa foi uma festa de tradição celta, ou os antigos druidas, a qual foi transmitida oralmente de geração em geração.

Até onde se sabe, essa festividade era comemorada entre os dias 5 e de novembro, a meio caminho entre o equinócio de inverno e o solstício de verão, no hemisfério norte. Além disso, era precedida por vários festejos que duravam uma semana. Para os cristãos, essa festa era uma simbologia entre “céu  e terra”; para os druidas, o lugar onde os mortos estavam era apenas um lugar de felicidade, onde não havia fome, nem dor. As festas eram presididas pelos sacerdotes, que atuavam como médiuns entre as pessoas e seus antepassados.

O mais interessante é que a festa em honra de Todos os Santos era comemorada no dia 13 de maio, mas o Papa Gregório III mudou a data para 01 de Novembro, como uma forma de unificar a comemoração de duas crenças diferentes: seria uma simbologia, uma linha tênue entre o mundo dos mortos e o mundo dos vivos.

Figura 2 3 - A Origem Do Verdadeiro Halloween

A maioria das pessoas sensatas ficavam em casa, rezando pelos antepassados.

Nos Estados Unidos da América

Acredito que não exista país onde a tradição do Halloween seja mais forte do que nos Estados Unidos da América. Essa tradição foi trazida ao país pelos imigrantes irlandeses e, com certeza, é o maior sucesso.

As casas ficam decoradas, as crianças se vestem à caráter e saem às ruas pedindo doces ou aprontando travessuras com quem negar os doces aos pequenos. Além disso, as ruas também ficam decoradas com temas relacionados, deixando tudo com ar muito sombrio. A característica mais marcante de todas é a famosa abóbora oca, com uma vela ou lanterna dentro.

No final das contas, a data se tornou comercial e virou feriado, além de ter sido difundida por diversos países como Canadá, Reino Unido e até aqui no Brasil. Porém, aqui, a festa ainda não tem o mesmo público.

Figura 3 EUA - A Origem Do Verdadeiro Halloween

Na Irlanda

A preparação para esse evento começa logo que se inicia o mês de outubro, incluindo diversas festas à fantasia, doces ou travessuras e fogueiras. Além disso, as tradições incluem jogos de cartas e caça ao tesouro. Supersticiosos ao extremo, os irlandeses costumam comer um bolo de frutas, chamado barnbrack, no qual é colocado um anel no meio. Quem achar o anel, é porque se casará em breve.

Figura 5 Irlanda 300x167 - A Origem Do Verdadeiro Halloween

Na Alemanha

Os alemães, na verdade, fazem sua comemoração bem antes, no mês de abril, a chamada Walpurgisnacht. Nessa festa, é comemorada a reunião entre bruxos e feiticeiras, os quais se reuniam para uma tradicional corrida de vassouras até o ponto mais alto das montanhas Harz. Festas muito semelhantes acontecem na Suécia, Finlândia e República Tcheca.

Figura 4 ALEMANHA - A Origem Do Verdadeiro Halloween

Na China

A comemoração chinesa também acontece antes do Halloween. Para eles é a época em que os fantasmas retornam do inferno para visitar os vivos. A festa é celebrada pelos taoístas e budistas e para garantir que esses fantasmas sejam bem recebidos, há sempre muita comida, bebida, dinheiro, guloseimas e até apresentações de óperas.

Figura 6 China 300x200 - A Origem Do Verdadeiro Halloween

Na Inglaterra

A celebração do Halloween na Inglaterra era muito tradicional, mas acabou perdendo um pouco da força após a Reforma Protestante. A data, porém, foi alterada para o dia 05 de novembro.

A princípio, a festa foi uma forma de confrontar o catolicismo, porém hoje, a comemoração é bem festiva, com direito a fogos de artifício, desfiles, fogueiras, entre outras coisas. Mesmo assim, alguns ingleses ainda fazem festa no dia 31 de outubro. Acreditem ou não, quase 50% dos ingleses acreditam que o Halloween é uma das festas americanas desagradáveis.

Figura 7 England editada - A Origem Do Verdadeiro Halloween

No México

Todo mundo sabe que é tradição, no México, a celebração do Dia dos Mortos, incluindo enfeitar as vilas, casas, ruas e vielas com caveiras e outros adereços coloridos. Apesar da data, não tem nada de macabro e sombrio. Além disso, eles comemoram também, o fim da colheita do milho, produto agrícola típico do país.

No Dia dos Mortos, um caminho é preparado para às almas que visitam este plano, cheio de pétalas e velas perfumando e iluminando a trilha, na esperança de que os mortos tragam prosperidade aos vivos.

Figura 8 México - A Origem Do Verdadeiro Halloween

Simbologia

O Halloween tem muitos símbolos que o representam. Vamos conhecer um pouco?

  • Bruxas: São o principal símbolo desta festa, pois dizem algumas lendas que elas só aparecem nesse dia, pois é uma das festas realizada pelo diabo. Essa crença foi trazida aos EUA pelos colonizadores, espalhando-se pelo mundo e tomando vários significados diferentes;
  • Abóboras: simbolizam a fertilidade e a pureza, porém, existe a lenda de Jack Lanterna que conseguiu enganar o diabo e escapar do inferno. Jack passou a perambular e, na verdade, no local onde ele estava nao havia abóboras, mas sim, nabos em abundância. Para fugir da escuridão, ele abriu e limpou um nabo, deixando-o oco, e colocou uma vela dentro, para que servisse de lanterna. Com o passar dos anos, a abóbora ficou caracterizada como símbolo das comemorações de Halloween no lugar do nabo.
  • Velas: como citadas acima, servem para iluminar e guiar os espíritos em meio à escuridão dos mundos;
  • Gatos pretos: é um símbolo muito ligado às bruxas, porque elas conseguem se transformar nos bichanos, segundo as lendas maios tradicionais. Fora isso, existem as superstições com relação a eles: são uma fonte inesgotável de azar e espíritos de mortos;
  • Doces ou Travessuras: brincadeira existente desde o século IX, onde as pessoas faziam o “bolo das almas”, com massa simples e cobertura de groselha. As pessoas entregavam uma fatia à cada criança que batesse em suas portas, em troca de uma prece por uma alma de algum parente;
  • Vassoura: limpeza da negatividade trazida para nossa vida;
  • Morcegos: simboliza a mediunidade, a visão que ultrapassa as aparências e enxerga a alma humana;

Curiosidade

Vocês sabiam que o dia 31 de Outubro é uma data que é considerada um marco para o cristianismo? Isso porque nessa data, Martinho Lutero, monge agostiniano, publicou suas 95 teses, que eram contra as práticas da igreja católica, totalmente fora das Escrituras Sagradas, dando Origem à Reforma Protestante.

Espero que tenham gostado!

Até a próxima!

________________________________________________________________________

Se você gostou deste artigo, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

< x >

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net, Professora de Língua Portuguesa e Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.