NEWS!

Você Conhece O Trava-Línguas?

Você Conhece O Trava-Línguas?

Olá, queridos leitores.. O assunto que trago hoje é muito interessante. E querem saber de onde surgiu a ideia desse tema? De uma conversa com meus filhos, em um almoço de final de semana… rs. Hoje falarei sobre o trava-línguas, sua origem, seu uso na escola e qual sua ligação com as Parlendas. Vamos lá?

Em primeiro lugar, é muito importante saber o que é um trava-línguas, apesar de acreditar que muitos de vocês sabem. Trava-línguas é um conjunto de palavras que formam uma frase e são de difícil pronunciação. Além de aperfeiçoar a pronúncia, serve como disputas divertidas entre amigos. Quem nunca fez isso?

O rato roeu a roupa do rei de Roma, a rainha com raiva resolveu remendar.

Ou por exemplo …

Num ninho de mafagafos, cinco mafagafinhos há! Quem os desmafagafizar-os, um bom desmafagafizador será!

Tenho certeza que alguns de vocês acabaram de perder alguns minutos tentando 🙂

Os trava-línguas são parte da cultural popular. Possui um toque de elementos folclóricos, como lendas, adivinhas, contos, enfim. Na verdade, o trava-línguas é uma modalidade de Parlendas. Para quem não sabe, Parlendas são versos com temáticas infantis, os quais normalmente são recitados em brincadeiras para crianças. São usadas para socialização ou simplesmente para brincar com os pequenos. Tem sua origem no folclore e na sabedoria popular, fazendo parte da cultural verbal. Algumas Parlendas são muito antigas e fazem parte do folclore brasileiro. Vamos ver dois exemplos bem legais a seguir:

Um dois feijão com arroz 2 - Você Conhece O Trava-Línguas?

Batatinha quando nasce 300x169 - Você Conhece O Trava-Línguas?

A palavra Parlenda é uma “parente” de “palavra” que vem do latim parábola e do grego parabolé, que significa “comparação”. Vem da palavra parolar, que significa falar muito, tagarelar. A partir disso, surge o significado de Parlenda como está no dicionário: falatório, palavreado. Por isso, o trava-língua tem aparentemente o mesmo significado, porém, com uma diferença: a repetição de sons com um certo grau de dificuldade.

O grande atrativo, principalmente para as crianças, é repeti-los até conseguir fazê-lo sem errar…

… E o detalhe é que as crianças conseguem ter noção do ritmo e percebem que, quanto mais rápido repetir, menor será a chance de concluir a frase toda.

Esse tipo de atividade é bem usada para praticar a leitura oral, mas é importante ter muito cuidado para não expor alunos com dificuldades. Os trava-línguas, normalmente são associados à brincadeiras, como por exemplo a famosa “corre cutia”. Isso torna o aprendizado extremamente mais lúdico e mais eficaz.

Vou relacionar abaixo alguns trava-línguas. Espero que se divirtam!

“Há quatro quadros três e três quadros quatro. Sendo que quatro destes quadros são quadrados, um dos quadros quatro e três dos quadros três. Os três quadros que não são quadrados, são dois dos quadros quatro e um dos quadros três”.

“Corre cutia, na casa da tia. Corre cipó, na casa da vó. Lencinho na mão, caiu no chão, moça bonita do meu coração.”

“Chupa cana chupador de cana na cama chupa cana chuta cama cai no chão”.

“Pinga a pipa dentro do prato, pia o pinto e mia o gato”.

“No vaso tinha uma aranha e uma rã. A rã arranha a aranha. A aranha arranha a rã”.

“Quer que você me diga sete vezes encarrilhado, sem errar e sem tomar fôlego: vaca preta, boi-pintado”.

“Olha o sapo dentro do saco. O saco com o sapo dentro. O sapo batendo papo. E o papo soltando vento”.

“Três dragões graduados e trinta brincos trincados”.

“Porco crespo e toco preto. Toco preto e porco crespo”.

“O princípio principal do príncipe principiava principalmente no princípio principesco da princesa”.

“Três pratos de trigo para três tigres tristes”.

“Luzia lustrava o lustre listrado, o lustre listrado luzia”.

“Sabendo o que sei e sabendo o que sabes e o que não sabes e o que não sabemos, ambos saberemos se somos sábios, sabidos ou simplesmente saberemos se somos sabedores”.

“A vida é uma sucessiva sucessão de sucessões que se sucedem sucessivamente, sem suceder o sucesso…”

“O tempo perguntou ao tempo, quando tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo, que não tinha tempo, de ver quanto tempo, o tempo tem.”

Algumas curiosidades

  • O trava-línguas, não necessariamente, precisa ter nexo ou fazer sentido, uma vez que tem uma de suas utilizações como literatura infantil e principalmente para brincadeiras;
  • Em Portugal, a Parlenda é chamada também de “cantilena” ou “lenga-lenga”, que são entendidas como sendo uma narração monótona.
  • Dizem que o maior trava-línguas existente possui mais de 400 palavras, mas ninguém sabe dizer ao certo se é o maior mesmo. Conseguem imaginar?

Gostaram? Não sei vocês, mas eu dei bastante risada e me peguei tentando repetir as frases, enquanto escrevia este artigo… rs. Espero que vocês tenham se divertido! Até a próxima!

_________________________________________________

Se você gostou deste artigo, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

< x >

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net, Professora de Língua Portuguesa e Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.