NEWS!

Life Is Strange 2: Episódio 1 – Estradas

Life Is Strange 2: Episódio 1 – Estradas

Se existe um game que começou retratando muito bem a intensidade emocional do ser humano, este se chama Life is Strange 2Roads (Estradas). Após nossa experiência com o episódio 1, venho trazer nossa visão a respeito, algumas informações interessantes e tudo isso sem revelar spoilers que comprometam ou estraguem a imersão de quem planeja jogar a continuação desta interessante franquia.

O interessante é que até a política flui através de Life is Strange 2, independentemente de os personagens estarem ou não conscientes disso. Como marca da série, circunstâncias imprevistas interferem na vida dos irmãos Diaz e na típica forma da vida humana, enquanto o sobrenatural permanece nas bordas. Em outras palavras, é a humanidade comum que exibe os lados mais feios dessa história de cortar o coração.

Com uma narrativa que não tem vergonha de apresentar um espelho para a realidade mais desconfortável, um elenco diversificado de personagens que são aperfeiçoados amorosa e respeitosamente, e mecanismos que reforçam as relações entre os personagens, o primeiro episódio de Life Is Strange 2 revela uma história que merece ser conhecida.

Life is Strange 2 começa intenso e nas estradas (Roads)

O enredo começa uma semana depois do debate presidencial final entre Trump e Clinton e antes que a tragédia atinja a família Diaz. O jogador adota o papel de Sean, um adolescente esportivo e artístico com uma família unida e apoiada por seu pai solteiro, Esteban. A vida de Sean no início do game é pontuada por seus esforços para ser uma estrela de atletismo, cuidando de seu irmão de nove anos, Daniel, e descobrindo se deveria levar preservativos para a festa que aconteceria naquela noite.

A desenvolvedora Dontnod Entertainment (ou simplesmente Dontnod) continua a descrição detalhada da experiência adolescente que foi exibida pela primeira vez em Life Is Strange. Usos de palavras como “emo” e “BFF” raramente amortecem as conversações e textos familiares entre os personagens principais da história. O sistema de mensagens que apareceu anteriormente na série está de volta e é interessante ler cada uma das dezenas de textos que estão à disposição quando o game começa.

Os textos informam as relações entre os personagens. A conversa de Sean com sua melhor amiga, Lyla, evolui de uma brincadeira entre adolescentes para uma troca de ideias por assistir ao debate presidencial, prenunciando o clima sociopolítico que define os eventos que estão por vir.

Life is Strange 2 figura2 - Life Is Strange 2: Episódio 1 - Estradas

Conversas nunca ocorrem em um vácuo, desprovidas de relações pré-existentes entre os personagens. Seja Sean comentando como seu pai odeia sushi, mas mesmo assim compra para eles de qualquer maneira, ou Lyla lamentando o preço dos terapeutas, a escrita dos desenvolvedores fazem com que quase todos os seus personagens se sintam como uma pessoa plenamente realizada com seus próprios medos, motivações e intrincadas teias de relacionamentos. É esta escrita, juntamente com a feroz atenção aos detalhes, que suporta a força de sua narrativa abrangente e desenvolvimento de personagens.

As interações também são mais dinâmicas e fluidas do que antes. Algumas mudanças no mundo provocam uma reação, tanto de Sean quanto daqueles ao seu redor, o que parece muito mais realista e ajuda a ancorar os personagens do mundo. Se Sean ligar seu player de música, irá cantar junto com “The Streets”, e Lyla comentará sobre a música tocando durante a sua chamada pelo Skype.

Algumas conversas começam automaticamente quando você entra no intervalo de uma pessoa que tem algo a dizer para você. Preste atenção em cada uma das conversas!

Life is Strange 2 figura1 - Life Is Strange 2: Episódio 1 - Estradas

Pequenas mudanças na mecânica de jogo padrão da série e seus efeitos na história aprofundam ainda mais sua imersão. Quando a jornada se torna árdua, é maravilhoso que o game permita que você se junte aos pequenos momentos de alegria dos dois garotos. As faixas licenciadas e a trilha sonora original de Syd Matters, que também marcou o primeiro game, sustentam o tom da jogatina e os estados internos dos personagens com grande efeito. Há uma mistura de adrenalina na adolescência, curiosidade e incerteza no placar durante a primeira incursão de Sean e Daniel na estrada.

Sean também pode observar e desenhar certas cenas em seu caderno de rascunhos, uma ideia inicialmente encantadora que infelizmente não funciona na prática. Existem algumas outras ocasiões em que a apresentação do game e as reações dos personagens não “gelificam”, como Daniel perguntando a Sean que tipo de animais estão na floresta depois de ler um cartaz que mostra claramente um urso.

Felizmente, esses momentos de desconexão são raros e, mais frequentemente, suas interações com o mundo não são apenas sensatas, mas mudam o que se desenrola mais tarde na história.

Life is Strange 2 figura3 - Life Is Strange 2: Episódio 1 - Estradas

Muito parecido com o primeiro game, as decisões tomadas afetarão você e as pessoas ao seu redor. Desta vez, seu companheiro não é uma rebelde de cabelos azuis, mas seu irmão mais novo. Em um ponto, você tem a opção de comprar suprimentos necessários de uma loja. Suas escolhas, até então, determinarão quanto de dinheiro e quais suprimentos estarão com você. Pode comprar o que consegue pagar ou optar por roubar, mas isso irá mudar a maneira como seu irmão percebe você e suas ações. Seu comportamento e ações também mudam com base em como você cuida dele, quanto respeito você paga a ele e a maneira como você fala com os outros quando ele está ao alcance da voz. Assustar Daniel demais na floresta lhe dará consequências mais tarde. Isso tudo adiciona outra camada ao cuidado que você coloca ao fazer escolhas.

A diferença mais marcante e positiva em Life is Strange 2 é a diversidade de seu elenco de personagens e dubladores e a decisão de contar histórias a partir dessas perspectivas. Para Sean, que viveu toda a sua vida em Seattle, sua etnia não define o modo como vive. O trabalho de voz de Sean, duplica sua caracterização como um adolescente latino criado nos Estados Unidos da América.

Seu sotaque é principalmente americano, mas com uma inflexão mexicana ocasional, que é um toque adorável que fundamenta o personagem em sua ancestralidade.

Life is Strange 2 figura4 - Life Is Strange 2: Episódio 1 - Estradas

E é o vizinho de Sean que dá início ao primeiro grande confronto. Esteban explica cedo a Sean que “as coisas são assustadoras neste país agora”. O vizinho diz a ele para voltar ao seu país, vários personagens dizem que Sean é a razão pela qual precisam “construir um muro” e um deles, até mesmo ameaça chamar a imigração. Os momentos mais tensos aumentam com o trabalho de Martin, que muda drasticamente para uma entrega desesperada e assustada que me levou às lágrimas mais de uma vez. É desconfortável e comovente estar no fim dos confrontos que retratam o racismo e testemunham a brutalidade policial.

Embora entrar em mais detalhes seja estragar parte da história, o estilo hábil e delicado de Dontnod se presta a retratar essas perspectivas importantes, mas raramente contadas, com cuidado, particularmente em face de questões altamente carregadas e controversas. O comentário sobre uma América moderna, frágil e volátil e como isso afeta as pessoas, é um empreendimento robusto, embora admirável. Estará contando como essas questões são tratadas à medida que a série se desenvolve através dos episódios à frente.

Também houve algumas repercussões em nossas ações no primeiro capítulo de Life is Strange 2, mas nada que nos faça sentir como se eu não pudesse nos recuperar de uma má escolha; resta saber quais consequências podem surgir nos quatro episódios que ainda virão.

Life is Strange 2 figura5 - Life Is Strange 2: Episódio 1 - Estradas

No final, Sean se encontra dirigindo para o sul, longe da Arcadia Bay, o cenário do primeiro game. As referências à essa cidade e tudo o que aconteceu dentro dela são poucas e distantes nesta continuação, mas a excelência no caráter e na construção do mundo permanecem. O estúdio desenvolvedor mantém sua experiência em descrever as lutas únicas de um adolescente com sua identidade, relacionamentos e a maneira como eles se encaixam em seu mundo, ao mesmo tempo em que adiciona novas mecânicas que proporcionam um investimento emocional mais forte à sua tomada de decisão. “Life Is Strange 2: Episode 1 – Roads” é um primeiro capítulo triunfante, com uma narrativa que, sem medo, reflete a vida de dois irmãos latinos que vivem no clima politicamente carregado dos EUA.

Para saber mais, confira o trailer de lançamento:

x

Life is Strange 2 está disponível para Xbox One, PlayStation 4 e Steam.

_________________________________________________________________________

Se você gostou deste artigo, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

< x >

Tags:
Reinaldo Vargas

É Idealizador e Autor do UniversoNERD.Net. Gamer desde o Atari 2600, Streamer, Blogueiro e Professor Universitário de profissão e paixão. Sempre informado sobre games, tecnologia, ciência e ensino. Um Xbox Gamer, Insider e Preview, adora a Bethesda e a Rock Star e ama produzir conteúdo. Gamertag: reavargas