NEWS!

Crackdown 3 É Divertido Em Co-op E Sua Proposta Não É Ser Um Grande Lançamento

Crackdown 3 É Divertido Em Co-op E Sua Proposta Não É Ser Um Grande Lançamento

Tem sido uma longa espera pelo Crackdown 3, onde os atrasos podem acabar se tornando uma coisa positiva, oferecendo aos desenvolvedores tempo para refinar e aperfeiçoar o game. Em outros casos, pode resultar no que parece ser uma experiência datada, pelo menos em termos de campanha, oferecendo diversão, mas pouco em termos de novas ideias interessantes. Vale a diversão com amigos na Xbox Live!

É grande e bombástico, com muito caos e danos colaterais, mas poucos valores redentores e escasso de algo novo e inovador. Mesmo assim, merece uma chance pela diversão!

A experiência com Crackdown 3

Você joga como um membro superpoderoso da Agência, que é enviado à uma cidade para dispensar a justiça, enquanto elimina os membros perversos de uma corporação maligna. Neste contexto, você começa relativamente fraco, mas cresce progressivamente em poder, saltando mais alto e ganhando a habilidade de executar pegar e jogar objetos cada vez mais pesados. Facções inimigas são responsáveis ​​por certos aspectos da operação criminosa, como fabricar uma espécie de veneno, e tirá-las enfraquece essa área e torna mais viável o seu objetivo final de derrubar o líder. Haverá danos colaterais ao longo do caminho que são desaprovados, como matar inocentes, e uma milícia local coloca um esforço desanimado para derrubá-lo.

Seria bom se sentir tão familiar se a ação em si fosse mais envolvente. O núcleo de coletar orbes (para aumentar a agilidade e a altura do pulo) e causar estragos continua sendo agradável, mas não é forte o suficiente para compensar as deficiências do game. A partir do momento em que você ganha o controle de seu personagem, é difícil se livrar da sensação de que isso não parece um jogo de 2019. Estenda a distância, os visuais são legais e agradáveis, mas estão abaixo do esperado, recuando muito para recriar o visual simples do passado. O único avanço que o game pode ter para se gabar é a destruição em larga escala, alimentado pelos servidores de nuvem Azure da Microsoft, mas é reservado inteiramente para o modo de Wrecking Zone on-line, que ainda não consegui experimentar. Não há destruição significativa no modo campanha e o resultado final é um mundo que parece sem vida, como se algo estivesse faltando.

A abertura do game acontece em uma pequena área da cidade e estabelece a estrutura básica de seus objetivos: assumir as várias bases de um chefe em particular para localizá-lo e depois completar uma luta com o chefão, que, na maioria dos casos, é um belo encontro padrão onde o inimigo tem mais saúde do que o habitual. Este tutorial é um pouco desanimador, onde você está preso em uma área firmemente confinada, sem poder e com um objetivo que envolve matar alguns inimigos para então remover um par de baterias que alimentam uma estação de propaganda. Em pouco tempo, o game se abre e você tem acesso a cidade e seleção mais ampla de objetivos a serem enfrentados.

Nesse ponto, há alguma esperança de que a nova liberdade proporcionem a diversão.

Crackdown 3 Figura1 - Crackdown 3 É Divertido Em Co-op E Sua Proposta Não É Ser Um Grande Lançamento

O problema é que o que você faz nessa seção de abertura é representativo de todo o jogo; há muito pouca variedade para falar. Ostensivamente, cada uma das diferentes facções apresenta seus próprios desafios e objetivos únicos para você concluir. No entanto, rapidamente se torna aparente que o que os distingue são apenas detalhes no nível da superfície. Não importa a facção, você está sempre atirando em uma onda interminável de inimigos enquanto avança em direção a marcadores objetivos. Quando estiver lá, você geralmente vai segurar um botão. Às vezes você terá alvos brilhantes para atirar. Para um certo objetivo, você tem que atirar uma peça de maquinaria ou jogar uma pedra debaixo dela (sempre duas vezes) para destruí-la. Após várias horas, a ação começa a sangrar junto.

Todas essas bases que você completa são apenas mais uma caixa que pode marcar a lista de tarefas, em vez de um desafio satisfatório com o qual você está ansioso para lidar. Uma das principais críticas do Crackdown original foi a falta de coisas para se fazer e embora possa haver mais neste novo game, parece demais, em vez de missões que valem realmente a pena.

Existem algumas variações para ataque, mas fazem pouco para sacudir a ação, mesmo que alguns voem, tenham escudos, entre outros. Snipers, devido ao dano pesado que infligiram, foram os únicos inimigos que me levaram a romper com minha abordagem uniforme de atacar o que estava mais próximo de mim. Armas têm certos tipos de alvos que são mais ou menos eficazes, mas algumas delas são tão poderosas que achei pouca necessidade avaliar o que eu estava usando.

A presença de inimigos interessantes poderiam ter tornado esses objetivos mais empolgantes, pois de fato sofrem com a falta de diversidade e criatividade.

Crackdown 3 Figura2 - Crackdown 3 É Divertido Em Co-op E Sua Proposta Não É Ser Um Grande Lançamento

E tudo bem. Crackdown 3 é um game para se sentir um super-herói, que pode dominar o que estiver à sua frente. Mas a combinação de objetivos obsoletos e inimigos repetitivos torna o combate irracional e, às vezes, até entediante, o que é estranho e sem sentido para um game cheio de explosões.

Se você fosse mapear a emoção de jogar através da campanha, haveria poucos picos ou vales. Não é até muito mais longe no game que você ganha as armas (como uma arma que cria buracos negros) e habilidades de alto nível (como ser capaz de pegar e jogar tanques) que tornam o combate mais divertido. Nesse ponto, os objetivos e encontros repetitivos já se tornaram obsoletos. Subir os arranha-céus que servem de quartel-general para os chefões finais fornece algumas das únicas sequências memoráveis ​​de combate, mas isso só serve para enfatizar o quão grande é o game.

Fora dos objetivos principais, há diversão! Os anéis de acrobacias que exigem que você conduza um veículo através deles são um desafio divertido. O seu carro da agência pode ser convocado a qualquer momento e se transforma em várias formas, o que é um conceito legal que é estragado pelos controles ruins de direção que fazem você se sentir como se estivesse andando em um lago congelado. Passar do ponto de verificação para o posto de controle a pé, muitas vezes saltando de um prédio para outro, é uma emoção. Da mesma forma, os “quebra-cabeças” de escalada que elevam as estruturas altas contribuem para a diversão.

Apenas certifique-se de fazer isso assim que atingir o nível de agilidade recomendado designado no mapa; espere por muito tempo, e a corrida satisfatória de um salto difícil se foi devido à sua habilidade de pular obstáculos com grandes saltos. É um dos destaques!

Crackdown 3 Figura3 - Crackdown 3 É Divertido Em Co-op E Sua Proposta Não É Ser Um Grande Lançamento

O co-op da campanha melhora as coisas, permitindo que você corra junto de um amigo e se envolva em travessuras gerais. A velha espera de Crackdown de pegar alguém dirigindo um carro e jogá-lo, seja para ajudá-los a alcançar um objetivo distante ou simplesmente condená-los, é uma maneira hilária de interagir com outro jogador e é bom que corridas no terraço possam ser atividade competitiva. Mas tudo isso apenas mascara os problemas subjacentes do game, pois a ação é tão repetitiva quanto.

Pular alto no ar em telhados e coletar orbs, que apresentam efeitos sonoros interessantes, é divertido e gratificante, porque essa busca tem uma correlação direta para melhorar ainda mais a sua altura de salto. Levantar objetos grandes e atirar nos inimigos também é uma alternativa divertida para tiroteios típicos e maior imersão na historia. Foi divertido e interessante o co-op junto do Vitor (do Canal Multitap)! 🙂

Por fim, a campanha é divertida, mas não tem muito a oferecer. Isso certamente proporciona deixar você explodir coisas e pular pela cidade. No entanto, uma dúzia de anos após o primeiro Crackdown oferecer a mesma experiência, o atual está mais bonito (lógico), mas não conseguiu fornecer conteúdo interessante suficiente além disso e é um pouco decepcionante ver esta produção sofrer os mesmos problemas.

Ainda assim, o co-op é facilmente a melhor maneira de jogar a campanha e o multiplayer virá para aumentar a diversão com os amigos!

Crackdown 3 já está disponível para Xbox One e Windows 10.

______________________________________________________________________________

Se você gostou deste artigo, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

Tags:
Reinaldo Vargas

Professor, Colunista do Arena Xbox e XPGG, Idealizador do http://UniversoNERD.Net e Streamer do #TeamSparkers na MIXER. Curte Games, Tech e Ciência.. Um Xbox Gamer, Insider e Preview, adora a Bethesda e a Rock Star e ama produzir conteúdo. Gamertag: reavargas

Postar um comentário