NEWS!

BROK The InvestiGator, Vale A Pena?

BROK The InvestiGator, Vale A Pena?

Fala, galera! Hoje, irei abordar rapidamente sobre um game que me agradou muito quando pesquisei sobre, já que foi indicação de um grande amigo e, como ele sabe que eu curto jogos nesse estilo, resolveu me apresentar. O game se chama BROK the InvestiGator, um jogo indie, desenvolvido pelo estúdio de jogos francês COWCAT Games e que estava em desenvolvimento, onde um Kickstarter oficial page foi lançada em 5 de janeiro de 2021 para fornecer o financiamento necessário para a conclusão do jogo, e onde atingiu o triplo do valor que tinham como objetivo em apenas poucas horas após a sua divulgação no site.

E4IFkfdWEAMRyHB 1024x679 - BROK The InvestiGator, Vale A Pena?
Brok e Graff

Agora sobre a história do game, o mesmo  se passa em um mundo futurista ao estilo “light cyberpunk “, onde animais antropomórficos substituíram os humanos, até aqui não sabemos o que houve com a nossa espécie ou se isso não vem ao caso ao menos nessa aventura. Cidadãos “animais” privilegiados vivem sob uma cúpula protegida da poluição ambiental enquanto todos os outros cidadãos sofrem para ganhar a vida fora dela.

O foco principal do jogo é o personagem principal do título, Brok, um jacaré detetive particular de 35 anos que também é um ex-campeão de boxe . Ele mora em um apartamento no porão com um gato chamado Graff, que é o filho adotivo adolescente de 16 anos da falecida esposa de Brok, Lia, que faleceu há cinco anos. Por mais que Brok não pudesse esclarecer exatamente o que houve em seu acidente, eventos que aconteceram recentemente podem revelar mais informações sobre um resultado muito mais trágico, e pode até estar conectado à sua existência. Brok e Graff agora precisam sair e enfrentar todo tipo de perigo em busca de respostas e sobre o que o destino os reservas.

O jogo combina os clássicos gêneros beat’em up e point-and-click, o jogo é descrito pelo desenvolvedor, como o primeiro Punch & Click já lançando. Ao mesmo tempo que combina elementos de ação de rolagem lateral e de jogos de RPG, algo que me agradou bastante foi aparência dos personagens bem ao estilo de jogos e desenhos das décadas 1980 e 1990, onde o jacaré, por sinal, me lembra os antigos personagens apresentados no desenho do pica-pau .

Os jogadores controlam o personagem Brok mais poderá alternar com Graff, uma vez que ele se junta ao seu personagem no progresso do jogo.

Sobre a jogabilidade ao iniciar o jogo, os jogadores aprenderão em tutoriais sobre como usar itens, bem como entender como alternar entre os dois modos de jogo, como o Modo Aventura “investigação” e o Modo Ação “combate”. Os jogadores devem percorrer lugares conversando com outros personagens não jogáveis, encontrando e combinando pistas, investigando cenários ao redor do ambiente e resolvendo quebra-cabeças usando habilidades de investigação ou usando a força bruta. Enquanto exploram, os jogadores podem se movimentar, examinar ou procurar coisas ao seu redor. Você também deve interrogar suspeitos com as pistas e dicas que encontrou e juntá-las, além de fazer perguntas e encontrar culpados. Os personagens  podem pular e atacar inimigos ou objetos como em jogos de beat em’ up (Streets of Rage), além de contornar armadilhas e evitar perigos pulando ou correndo rápido. 

Quando inimigos e chefes aparecerem, os jogadores serão trocados para o Modo de Ação e devem lutar contra eles (as cenas de luta podem ser ignoradas se o jogo estiver sendo jogado no modo fácil). Quando são derrotados, os jogadores ganham pontos de experiência que poderão serem usados como nos jogos de RPG clássicos e o jogador poderá escolher um dos três status para fazer um upgrade, como aumentar pontos de saúde, poder de ataque ou atualizar seu ataque especial para levar menos tempo para recarregar após o uso . 

Os jogadores também têm acesso a um inventário onde armas e itens podem ser usados ​​em combate, para resolver quebra-cabeças ou para ajuda de suporte.

Segue o trailer do game abaixo:

Resumindo: O game me agradou bastante, acredito que será uma aventura que todos devem experimentar, os personagens têm carisma, e lembra aos mais “experientes” a infância das manhãs de sábado onde tínhamos vários desenhos com essa pegada, sendo um diferencial em BROK the InvestiGator. Existe uma DEMO do primeiro episódio do jogo disponível no site da desenvolvedora para PC, onde todos poderão tirar suas próprias conclusões, a jogabilidade está fluida o que não compromete a imersão do game, outro fator que conta são as legendas em português.

Brok Bandage N For Nerds 1024x746 1 - BROK The InvestiGator, Vale A Pena?

O game possui precisão de lançamento para 2022, mas segue sem data oficial. O mesmo será lançado nas principais plataformas, como PC, PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series, Xbox One e Nintendo Switch.

Bem galera, espero que tenham gostado e até a próxima!

_________________________________________________________________________________________

Se você gostou, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD.

Tags:
Miguel Gonçalves

É Autor do UniversoNERD.Net. Analista de Rede e gamer veterano nas horas vagas. Um apaixonado por games e por viver de maneira tranquila.

Postar um comentário