NEWS!

A Demora no Desenvolvimento de MMORPG’s

A Demora no Desenvolvimento de MMORPG’s

Saudações, meus caros nerds quarentados de plantão! Tudo bom convosco? Ansioso por voltar a jogar um bom título de MMORPG que me prenda por um tempo considerável, tal como foi com Mu Online e Priston Tale, aos quais, diariamente, me dediquei por cerca de nove anos, venho acompanhando três jogos que estão em desenvolvimento e prestes a serem lançados.

Já não bastasse a quantidade enorme de tempo que demanda para que um jogo desse gênero seja desenvolvido e passe pelas fases alpha e beta de testes, ambas em modo “fechado” (apenas com jogadores convidados) e “aberto” (participação de um público maior, porém, ainda limitado) até que seja lançado no mercado, temos um vírus provocando uma pandemia a nível mundial e atrasando ainda mais, sob vários aspectos, os processos necessários à conclusão de um game.

A mais nova vítima dessa situação é o aguardadíssimo New World, da Amazon Game Studios.

01 - A Demora no Desenvolvimento de MMORPG’s

No início de julho a empresa anunciou, pela segunda vez no ano, mais um adiamento. Agora, sua previsão de lançamento está estipulada entre os meses de maio e junho de 2021. Segundo o diretor do estúdio, isso foi necessário porque, ao ouvirem as reclamações e sugestões da comunidade que participou dos testes da fase alpha, decidiram adicionar mais conteúdos midi e endgame. Será mais uma desculpa esfarrapada, meu desconfiado nerd? O jeito é esperar para ver…

Outro jogo muito aguardado pelos fãs de MMORPG’s é Blue Protocol, da nipônica Bandai Namco. Em abril deste ano, foram realizados os testes da fase beta fechado e, durante quatro dias, youtubers e outros jogadores convidados puderam jogá-lo.

02 - A Demora no Desenvolvimento de MMORPG’s

As considerações finais dos participantes causaram um tremendo hype na comunidade! O jogo foi muito elogiado, principalmente seu gráfico em estilo anime, feito na engine Unreal 4, e a sua lore (história, enredo), que segundo os relatos, é muito bem contada e envolvente. Contudo, meu hypado nerd, se quiser jogar Blue Protocol, sente, espere e reze bastante! Tudo isso porque o jogo – que ainda não tem data oficial de lançamento – será lançado, primeiramente, no Japão. Depois disso, caso assim queira a Bandai, será disponibilizado para o resto do mundo. Portanto, tende fé, meus caros!

Por fim, também estou de olho grande no Crimson Desert, da competentíssima Pearl Abyss. O jogo promete ser um substituto de peso para Black Desert, seu irmão mais velho, lançado em 2015 e funcionando a pleno vapor!

Ainda não se sabe muito bem sobre a proposta de Crimson Desert. O que se tem, por enquanto, é que o jogo se passa antes dos acontecimentos de seu antecessor, tendo, talvez, a função de explicar a chegada do Espírito Negro no mundo, e que seus gráficos serão lindíssimos, graças a sua engine, que é completamente nova e promissora. Porém, o PvE (jogadores contra a inteligência artificial do game) do jogo ainda é muito confuso. O foco será numa campanha, cujo enredo é solo, porém, podendo ser jogado em modo cooperativo. Um dos produtores da empresa, em entrevista, garantiu que terá combate massivo entre jogadores, comércio, entre outros elementos de um típico MMO.

03 - A Demora no Desenvolvimento de MMORPG’s

Mas isso não é estranho, tendo em vista que Crimson Desert conta a história de um único protagonista? Como isso é possível com tantos jogadores ao mesmo tempo? Até agora, o funcionamento desse sistema é o maior segredo do jogo. Como a Pearl Abyss prometeu revolucionar o gênero com ele, o jeito é aguardar e ver como funcionará na prática.

Enfim, meus ansiosos nerds, é duro ser fã de um estilo de jogo que possui o desenvolvimento mais complexo entre os games. Em média, um título demora cinco anos – após os primeiros passos de sua criação – para ficar pronto. São muito os fatores que devem ser levados em consideração até que um jogo esteja funcional e jogável para uma quantidade enorme de jogadores que estarão todos conectados ao mesmo tempo.

A única coisa que podemos fazer para ajudar, de modo que seja lançado um jogo decente, é ficar de olho nas novidades, cobrar e interagir com as desenvolvedoras, dando sugestões de melhorias e fazendo críticas construtivas sobre o que, de fato, se tem do jogo. Assim, essas equipes se sentirão na obrigação de entregar um jogo de qualidade e não uma porcaria qualquer, entregada às pressas por causa de uma comunidade que só sabe encher o saco e cobrar o cumprimento de datas!

Abraços e até breve!

_____________________________________________________________________________

Se você gostou, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

Tags:
Lukas Melo

É Editor e Autor do UniversoNERD.Net. Profissional da área de EaD, aficionado por RPG, hardware e cinema. Porém, não nega outras nerdices.

Postar um comentário