NEWS!

Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion

Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion

Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion é um filme de animação que busca humanizar um dos personagens mais icônicos e espertos da história dos games. Ao longo de sua história de quase três décadas, a série de videogame Mortal Kombat equilibrou o melodrama cafona de filmes de artes marciais de nível B com a violência de um thriller de destaque.

O primeiro filme de animação da franquia continua essa tradição e é um passeio divertido, mas muitas vezes precisa brigar, literalmente, para manter seu foco quando a luta começa.

Um pouco sobre Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion

A Vingança de Scorpion conta a história de origem do ninja titular vestido de preto e amarelo, famoso por lançar um dardo de corda. No início, ele é Hanzo Hasashi (Patrick Seitz), um mestre assassino do clã Shirai Ryu. Mas depois que ele e sua vila inteira são mortos em um ataque brutal do clã rival Lin Kuei, ele finalmente é ressuscitado como um morto-vivo pelo feiticeiro Quan Chi para se vingar de Sub-Zero, que liderou o ataque. Esta série de eventos o leva à ilha imortal de Shang Tsung, onde ele vai competir no torneio Mortal Kombat, que vai decidir o destino de Earthrealm contra invasores da dimensão alternativa conhecida como Outworld.

Embora a jornada de Scorpion seja a espinha dorsal da trama, a maior parte do filme é uma recontagem do game Mortal Kombat original, colocando um foco significativo em outros favoritos que voltaram, como Liu-Kang (Jordan Rodrigues), Sub-Zero (Steve Blum), Johnny Cage (Joel McHale), Sonya Blade (Jennifer Carpenter) e Raiden (Dave B. Mitchell). Apesar da carnificina e do derramamento de sangue, há muita ênfase no humor e no drama com o elenco principal, o que dá ao filme uma sensação de desenho animado nas manhãs de sábado. Ele apresenta muitos elementos relacionados à série de games de luta, que não apenas prepara o palco para uma sequência, mas também o torna feito sob medida para os fãs mais obstinados desfrutarem.

A animação é mais interessante quando se concentra no personagem principal e seu renascimento angustiante e eventual redenção. Embora seja divertido ver outros heróis de Mortal Kombat ganharem seu tempo sob os holofotes, especialmente com o carismático, mas indiferente, Johnny Cage, isso muitas vezes tira o suposto protagonista do filme, Scorpion. Tantos personagens entrando no torneio com suas próprias motivações criam uma trama exagerada que mostra muitos cenários que os fãs conhecem bastante.

Quando coisas entram em alta velocidade, alguns momentos impactantes e tópicos da trama acabam.

A Vingança de Scorpion 1 - Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion
A Vingança de Scorpion 2 - Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion

Assim como a série de videogames, o filme de animação coloca tudo em lutas elaboradas e bastante violentas. As cenas de ação são um verdadeiro destaque que mostram uma animação impressionante e uma coreografia habilidosa. As sequências de combate são brutais e grotescas, o que está de acordo com o material original. Muitas das lutas mais intensas do filme são pontuadas com cortes de raios-X para mostrar a verdadeira extensão da carnificina, o que é uma referência direta aos games recentes. O nível de violência no filme fica facilmente ombro a ombro com a brutalidade exibida nos videogames, sendo …

… esta a adaptação mais violenta feita até hoje!

Em alguns casos, no entanto, a violência e a vibração divertida do filme podem ser conflitantes. A Vingança de Scorpion tenta sustentar a violência com humor e drama, mas juntos, esses modos díspares parecem totalmente fora de compasso. As mudanças no tom são mais evidentes durante os atos intermediários e finais da história, quando o filme está no seu auge. O nível de violência atinge a linha tênue entre estupidamente exagerado e simplesmente nojento, o que é um lembrete de que este filme não é para os mais jovens.

Apesar dessas dúvidas, é um passeio divertido que é fiel à série, onde o filme é mais cativante quando se concentra em um território nunca visto na série anterior, fazendo referência até mesmo a alguns dos aspectos mais obscuros da tradição de Mortal Kombat. Ainda assim, em seu detrimento, muitas vezes se apega a batidas que já foram estabelecidas nos games, ou mesmo no filme live-action original de 1995, ambos os quais também dependeram fortemente de clichês e referências irônicas de filmes classificados como B.

Ainda assim, quando as coisas começam, é divertido ver os principais protagonistas caírem, e foi satisfatório ver muitos dos grandes males familiares da série fazendo suas aparições.

A série construiu uma reputação de oferecer emoções nos fliperamas nos anos 1990, mas aqueles que gostaram dos games enxergam isso como mais do que apenas uma nostalgia. Este filme na forma de animação resgata um pouco de tudo isso e é interessante e divertido revisitar as origens da série.

______________________________________________________________________________

Se você gostou, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

Tags:
Reinaldo Vargas

Professor, Streamer, Parceiro do Facebook Gaming e ArenaXbox.com.br, Idealizador do UniversoNERD.Net e Xbox Ambassador.

Postar um comentário