NEWS!

As Grandes Produções Live-Action

As Grandes Produções Live-Action

Olá, queridos leitores. Hoje quero falar um pouquinho para vocês sobre uma moda que vem tomando conta das telinhas dos cinemas e fazendo um sucesso bem considerável: as produções live-actions. Vamos lá?

Em primeiro lugar, é importante sabermos o que é realmente o live-action, já que é um termo que está sendo muito usado entre as pessoas.

Live-action, ao pé da letra, em português, ato real ou ação real, na linguagem cinematográfica ou videográfica significa trabalhos realizados por atores reais e não animações. O interessante é que esse termo é utilizado não só para filmes, mas também para jogos eletrônicos ou qualquer obra similar, que ao invés de usar imagens animadas manuais ou produzidas por efeitos computadorizados, utilizam atores e atrizes verdadeiros.

Esse termo se torna lógico quando falamos das adaptações feitas para quadrinhos, jogos de vídeo games ou animações. Querem um exemplo: Os Flintstones, Super-Homem, entre outros. Um exemplo clássico, da mistura de atores reais e personagens animados é o filme Uma Cilada para Roger Rabbit. Nostálgico, não?

Mas, voltando ao nosso tema, a moda que está ressurgindo, agora com mais força e uma tecnologia muito melhor, são os live-actions.

Recentemente, no cinema, tivemos dois clássicos: O Rei Leão e Alladin. O Rei Leão consegui assistir no cinema. Alladin, infelizmente não. Mas, pude conferir em casa, na televisão. 

Posso dizer a vocês que, ao contrário do que achei que aconteceria, achei a produção de O Rei Leão muito melhor que a de Alladin. Eu cresci assistindo aos desenhos clássicos da Disney então, para mim, Alladin deixou bastante a desejar, com atores sem expressão, contra uma única grande atuação de peso, que foi a de Will Smith, no papel do gênio da lâmpada.

O Rei Leão ficou muito legal, bem fiel ao desenho, até mesmo nas canções. Achei demais, pois tudo que senti quando assisti pela primeira vez, pude sentir novamente ao assistir ao live-action no cinema. Sem invenções, ou alterações e sem atuações forçadas de nenhum personagem.

Já em Alladin, não posso falar o mesmo. Vocês podem até achar que estou sendo um pouco dura quanto à critica e peço desculpas, mas como disse, cresci assistindo a esses clássicos e não posso perdoar alguns detalhes. A começar de uma das figuras principais, a Princesa Jasmine. Sem uma maquiagem expressiva, cantando músicas cansativas pelo filme, sem necessidade.

Os atores que desempenharam o papel de Alladin e o do Jafar, respectivamente, com certeza foram decepcionantes também, pois foram atuações fracas e sem expressão. Até com o papagaio Iago, me decepcionei, pois é uma figura astuta e ardilosa, digna de seu nome, como referência à peça Othelo, de Shakespeare e no live-action, infelizmente, isso não foi explorado.

Porém, a atuação do gênio da lâmpada se salvou, mas não 100%. O ator é excelente e tenho certeza que combinou com o papel, mas as piadas, característica forte do personagem, já não ficaram tão expressivas. Mas, foi a única atuação que foi mais fiel. Porém, não tenho só críticas para este live-action: a entrada de Alladin em Ágrabah foi sensacional. Bem fiel ao desenho original.

Confiram abaixo o trailer dos filmes e para quem não assistiu, recomendo que assistam aos dois:

Voltando um pouco no tempo, tivemos outros live-actions muito bons: A Bela e a Fera e Mogli: O Livro da Selva, entre outros. Clássicos mais antigos, como Os 101 Dálmatas (1996), que não tinham tanta tecnologia em suas produção e mesmo assim, foi sucesso garantido. Porém, eles também não foram muito fiéis aos originais.

No caso de Mogli: O Livro da Selva, concordo que o desenho original foi feito em uma época onde ainda não tínhamos os efeitos especiais e a tecnologia que temos hoje, dessa forma, muitas pontas foram deixadas soltas e não talvez não tivesse como explicá-las no filme, sem alterar um pouco da história, porém, chegando no resultado idêntico ao do desenho. Já em A Bela e a Fera, o ator que interpretou Gaston, o galã mau-caráter, deixou a desejar. Uma coisa é certa: temo de tirar o chapéu para a atriz Glenn Close, que viveu a vilã Cruella De Vil, através de uma atuação impecável. Assistam aos trailers dos filmes e confiram:

E claro, não podia deixar de fora o clássico Malévola, com o papel da protagonista aos cuidados da bela Angelina Jolie. Este é um clássico que, apesar de fugir do original, foi muito bem produzido e os resultados, bem, todos vocês puderam ver. Agora, estamos na expectativa de Malévola, Dona do Mal. Vamos conferir o trailer de ambos?

Também não poderia deixar de fora, outras duas produções, uma mais antiga, Alice no País das Maravilhas, e Dumbo. Sabem o que é interessante, nunca havia dado muita atenção para Dumbo, mas confesso que me encantei pela história do jeito que foi produzida, apesar de ter fugido do original. Já Alice no País das Maravilhas é fantástica, fiel ao livro, mas não ao clássico animado da Disney. Mesmo assim, que obra! Confiram abaixo:

Uma grande produção e na verdade, minha preferida, foi a história da Cinderela, para falar a verdade, uma das versões mais bonitas que já vi. Muito parecida com o desenho original, a atuação do elenco foi perfeita. As canções, o cenário, os figurinos, tudo à altura de um grande clássico da Disney. Confiram:

Mas, já que a moda dos live-actions voltou com tanta força, podemos esperar outras produções já anunciadas, como A Dama e o Vagabundo, Mulan e quem sabe até Thundercats. Bem, quanto à produção A Dama e o Vagabundo, sou suspeitíssima para falar. Quando eu comecei a assistir o trailer e ouvi a trilha sonora, confesso que me emocionei. Acho um dos mais belos clássicos da Disney e, sem dúvida, vai emocionar muita gente. Já a produção Mulan, acredito que será muito bem feita, pelo que pude perceber do trailer, porém, ainda não quero criar muitas expectativas. Vamos conferir os trailers de ambas?

Há uma semana, ouvi rumores de que teremos o live-action de Thundercats. Ai, meus queridos, a expectativa será enorme, pois eles fizeram parte da minha infância. Espero, de verdade, que saibam fazer uma produção impecável, ainda mais tendo uma empresa como a Warner Bros à frente da produção. Mas, por hora, são somente rumores e não, não tenho um trailer para mostrar a vocês. Mas, acreditem, gostaria muito que já tivesse alguma informação mais certa a respeito. Só nos resta aguardar e tenham certeza de que assim que tivermos alguma informação confirmada, vocês saberão!

Muita coisa boa ainda vem por aí. Fiquem ligados, porque com certeza estaremos de olhos bem abertos!

Por hoje é só! Até a próxima!

______________________________________________________________________________

Se você gostou, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net, Professora de Língua Portuguesa e Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.

Postar um comentário