NEWS!

Feliz 20ª Aniversário Resident Evil! (Parte 1)

Feliz 20ª Aniversário Resident Evil! (Parte 1)

Fala, galera! Neste post comemorativo aos 20 anos desta franquia de sucesso, estarei fazendo uma homenagem numa série dividida em três partes, ao game Resident Evil (conhecido como Biohazard no Japão). Este jogo é uma franquia de mídia que pertence à empresa de videogames Capcom. Foi criada por Shinji Mikami como uma série de jogos de survival horror, iniciada em 1996 com Resident Evil para PlayStation. Foi tomado como base para sua criação alguns filmes de George A. Romero e, também, o jogo Alone in the Dark. Os personagens principais são: Chris Redfield e Jill Valentine (estes surgiram no Resident Evil original) e Leon Scott Kennedy e Claire Redfield (que surgiram na sequência Resident Evil 2). Nesta primeira parte, tratarei um pouco sobre a história e o enredo dos três primeiros jogos (numerados) lançados!

Resident Evil (Lançado em 1996)

A história do game Resident Evil se passa em 1998, quando uma série de casos de homicídio envolvendo canibalismos, ocorridos em torno da Arklay Mountaim (Montanhas Arklay), ao norte da cidade, começam a assolar a pequena Raccoon City. As vítimas, normalmente andarilhos e excursionistas que passam pela floresta nos arredores da cidade, são brutalmente assassinadas e seus corpos apresentam sinais de extrema violência. O departamento de polícia de Raccoon decide enviar seu time de elite, os S.T.A.R.S. (Special Tactics and Rescue Service, Serviço de Táticas Especiais e de Resgate) para cuidar do caso. A primeira equipe enviada é a Bravo Team, composta pelos membro Enrico Marini (líder da equipe), Kenneth J. Sullivan (reconhecimento), Richard Aiken (suporte/comunicações), Forest Speyer (transporte/manutenção de equipamentos), Edward Dewey (cobertura/piloto), Rebecca Chambers (cobertura/médica), que perdeu contato com a delegacia minutos após entrar na área da floresta. Após 24 horas sem contato via rádio, a equipe Alpha composta por Albert Wesker (líder da equipe), Chris Redfield (reconhecimento/atirador de elite), Barry Burton (suporte/especialista em armas), Joseph Frost (transporte/manutenção de equipamentos), Jill Valentine (cobertura/especialista em trancas), Brad Vickers (cobertura/piloto) é enviada ao resgate dos demais e se surpreende ao chegar e encontrar o helicóptero da outra equipe completamente abandonado.

Enquanto checavam os arredores em busca de pistas sobre a localização dos policiais desaparecidos, Joseph Frost é atacado por cães selvagens, que aparentam estado de decomposição avançada. Abandonados por Brad Vickers, piloto da equipe, que foge levando o helicóptero, os oficiais sobreviventes se veem sem opção a não ser se refugiarem em uma mansão que é avistada de longe.

Na mansão, aparentemente abandonada, o grupo se depara com “zumbis” e outras criaturas, levando-os a descobrir os cadáveres de seus companheiros da Equipe Bravo na casa. Ainda descobrem que o local é, na verdade, uma fachada de um laboratório secreto pertencente à multinacional farmacêutica Umbrella Corporation, e as criaturas são o resultado de experiências com um vírus geneticamente modificado chamado T-Virus. Eventualmente, das duas equipes S.T.A.R.S (Alpha e Bravo), apenas seis membros sobreviveram ao incidente. Entre eles estão: Jill Valentine, Chris Redfield, Barry Burton, Rebecca Chambers (só aparece jogando com Chris), Brad Vickers e Albert Wesker, tendo este último traído a sua equipe. Ao fim da missão, a mansão em que estavam explode pelos ares, eliminando, assim, qualquer evidência dos fatos lá ocorridos.

O game também tem versões para PC, Sega Saturn e Nintendo DS, além de uma edição para o PSOne, chamada de “Resident Evil Director’s Cut”, que traz muitas diferenças em relação à versão original, entre elas novas roupas e um maior nível de dificuldade. O game recebeu um aclamado Remake para o GameCube em 2002. Algumas imagens de Resident Evil:

Resident Evil 2 (Lançado em 1998)

Após o estrondoso sucesso do primeiro jogo da série, a Capcom começou a trabalhar em Resident Evil 2 no ano de 1997. A principal diferença do jogo com seu antecessor é o “Sistema Zapping”, que fornece a cada personagem história e obstáculos únicos. Desenvolvido por uma equipe entre quarenta e sessenta pessoas ao longo de um ano e nove meses, Resident Evil 2 foi dirigido por Hideki Kamiya e produzido por Shinji Mikami. A versão inicial, comumente referida como Resident Evil 1.5, diferia drasticamente do produto final e foi descontinuada quando já estava com mais de sessenta por cento finalizada e, assim, o game foi refeito praticamente do zero, com o aproveitamento de poucos conceitos.

Resident Evil 2 foi amplamente aclamado pela crítica, que elogiou sua atmosfera, ambientação, gráficos e áudio. O jogo vendeu mais de quatro milhões de cópias para PlayStation e é o título de maior sucesso da franquia em uma única plataforma. Após seu lançamento, o jogo fora incluído em várias listas dos 100 melhores jogos. E vamos ao enredo!

Na noite de 28 de setembro de 1998, o policial novato Leon S. Kennedy, que havia ficado interessado nos estranhos incidentes que ocorreram nas redondezas de Raccoon City, se candidatou, devido a isso, à uma vaga no Departamento de Polícia da cidade. Leon ficou muito orgulhoso por se tornar um policial, principalmente por sua personalidade protetora e voltada para o senso de justiça. Após o término do seu relacionamento com sua namorada e para esquecer o fim do relacionamento, ele foi para uma festa onde acaba bêbado no quarto de um motel na estrada. A agitada noite fez com que o policial acordasse muito tarde e se atrasasse para chegar à Raccoon City no seu primeiro dia de trabalho. Essa falha, que poderia ter custado o emprego do jovem, acabou salvando sua vida. O policial deveria ter chegado à cidade no ápice da infecção viral que assolava Raccoon City.

Então, na noite de 29 de setembro de 1998, Leon S. Kennedy, ao chegar na cidade, acaba conhecendo a irmã de Chris, Claire Redfield. O policial percebe que a cidade está calma demais e muito deserta. Ele estaciona seu jipe no meio da estrada ao avistar um corpo e desce para verificar. Enquanto isso, Claire chega a um restaurante para pedir informações. Ela está na cidade à procura de seu irmão, que não dá notícias há um bom tempo. Em uma lanchonete, Claire se encontra em meio ao terror quando um zumbi a ataca. Ao fugir pela porta dos fundos, dá de cara com Leon, que foi cercado por um grupo de “mortos-vivos”.

A dupla escapa por um beco e chega à uma viatura abandonada. Contudo, no seu caminho para chegarem à Delegacia de Polícia, um zumbi os ataca do banco de trás, enquanto um caminhão desgovernado, com um motorista zumbificado, vem de encontro a eles. Ambos pulam para fora do carro, quando o caminhão se choca com o veículo, explodindo numa grande bola de fogo. Os recém aliados agora estão separados e fazem o seu caminho para a Delegacia. Lá dentro eles se reencontram e descobrem que a delegacia está abandonada, a maioria dos policiais foram mortos e que Chris deixou a cidade para investigar a sede da Umbrella na Europa. Sem nenhuma motivação para ficar ali, os dois protagonistas separam-se para procurar outros sobreviventes e fugir da cidade. Enquanto tentava achar uma rota de fuga, Claire conhece uma menina chamada Sherry, que estava fugindo de uma criatura desconhecida, e Leon se depara com Ada Wong, que afirma estar à procura de seu namorado John, um pesquisador da Umbrella.

Com o tempo é revelado que o oficial superior de Leon, o chefe de polícia Brian Irons, havia sido subornado pela Umbrella para ocultar provas dos experimentos da empresa nos arredores de Raccoon City. Ele também ocultou o desenvolvimento do novo G-virus, um agente capaz de causar mutações generalizadas no corpo de um ser humano e transformá-lo em uma arma biológica. Irons tenta assassinar Claire, mas é morto por um mutante no departamento de polícia. Então, ela e Sherry escapam através dos esgotos e se separam. Após deixar Leon, Ada se depara com Sherry e pega um pingente de ouro que a menina deixou cair no chão enquanto fugia. Ainda nos esgotos, ela une-se novamente a Leon, após ele insistir que é seu dever protegê-la. O casal encontra uma mulher de meia-idade que dispara em Ada, mas Leon acaba interceptando e levando o tiro. Ada ignora-o inconsciente e segue a mulher. Após alcançá-la, ela revela ser Annette, a mãe de Sherry e esposa de William Birkin, o cientista da Umbrella criador do G-virus. Em uma tentativa de proteger seu trabalho dos agentes especiais enviados pela empresa, ele injetou-se com o vírus e se transformou em uma criatura que agora está perseguindo Sherry. Annette reconhece o pingente de sua filha e tenta recuperá-lo. A luta segue, durante a qual Annette é jogada sobre uma grade. Ada descobre que o medalhão de ouro contém uma amostra do G-virus e, tomada por suas emoções retorna para Leon, cuidando de seus ferimentos.

Enquanto isso, Claire se reúne com Sherry e descobre que Birkin implantou um embrião para produzir descendentes em sua filha. As duas, junto com Leon e Ada, avançam através de uma fábrica abandonada, conectada à instalação de pesquisa subterrânea secreta da Umbrella. Um ataque de Birkin deixa Ada gravemente ferida e Leon explora o laboratório, a fim de encontrar algo para tratar seus ferimentos. Ele é interrompido por uma Annette psicótica, que lhe explica a relação de fachada de Ada com John, usada apenas como um meio de obter informações sobre a empresa farmacêutica: ela é uma espiã enviada para roubar o G-virus para uma organização desconhecida. Quando Annette estava prestes a atirar em Leon, um Tyrant aparece e ela é forçada a recuar. Ada retorna para salvar Leon e derrota o Tyrant, aparentemente, ao custo de sua própria vida. Ela confessa seu amor pelo policial antes dele deixar seu corpo imóvel para trás. Enquanto isso, Annette tenta fugir com outra amostra do G-virus, mas é mortalmente ferida por seu marido mutado. Antes de morrer, ela diz a Claire como criar uma vacina para cessar o crescimento do embrião dentro de Sherry. Depois de preparar a cura, Leon e Claire se juntam em um trem de fuga de emergência e dão a vacina para a menina, salvando a vida dela. Birkin – agora transformado em uma grande aglomeração de carne e dentes – segue-os, mas é destruído quando um sistema de auto-destruição faz com que o trem exploda. Depois de escaparem, Leon tem a intenção de derrubar a Umbrella, enquanto Claire continua a procurar seu irmão. Fica implícito que Ada sobreviveu e acabou com o G-virus do pingente.

Sendo um dos preferidos pelos fãs da série, Resident Evil 2 recebeu versões para uma série de consoles além do Playstation, como Nintendo 64, Dreamcast e GameCube. Algumas imagens de Resident Evil 2:

Resident Evil 3 (Lançado em 1999)

Resident Evil 3: Nemesis, conhecido no Japão como Biohazard 3: Last Escape, é o terceiro jogo da franquia Resident Evil e ocorre antes e após os acontecimentos de Resident Evil 2. Também foi sucesso crítico e comercial, vendendo mais de três milhões de unidades em todo o mundo. A maioria dos críticos elogiaram os gráficos por serem detalhados e a criatura Nemesis como um vilão assustador.

Algo interessante em Resident Evil 3 são as várias combinações possíveis de tipos de pólvoras encontrados durante o jogo, que produzem diferentes munições para as armas, o que pode aumentar a tensão ao se tomar uma decisão em um determinado momento do jogo, principalmente quando Nemesis aparece. As consequências de cada escolha são imprevisíveis, o que torna o game diferente, caso o jogador queria repetir a dose. E vamos novamente ao enredo!

Resident Evil 3: Nemesis começa 24 horas antes dos eventos de Resident Evil 2 e no comando de  Jill Valentine como protagonista, que pensa ter deixado de ser assombrada pelos acontecimentos da mansão nas Montanhas Arklay, mas em Raccoon City ela percebe que o pesadelo ainda persiste. A cidade tomada pelo T-vírus e, cada vez mais, tudo parece estar completamente fora de controle. Jill passa a agir por conta própria na esperança de reencontrar seu amigo Chris Redfield, que se dirigiu à Europa para investigar a sede da Umbrella. No seu caminho para o Departamento de Polícia de Raccoon City, a ex-agente encontra outro membro da equipe, Brad Vickers, que é posteriormente morto por Nemesis, uma arma bio-orgânica criada pela Umbrella com o único propósito de eliminar os membros sobreviventes dos S.T.A.R.S., que são testemunhas dos experimentos antiéticos da empresa. Depois de fugir de Nemesis, Jill encontra três membros sobreviventes do Serviço de Contramedida de Risco Biológico da Umbrella (UBCS): Carlos Oliveira, Mikhail Victor e Nikolai Zinoviev. Este último explica a Jill e Carlos que um helicóptero de resgate pode ser contactado se eles conseguirem chegar à Torre do Relógio de Raccoon City e tocar o seu sino.

Conforme a história do game avança, Nikolai é dado como morto após um encontro com zumbis em um escritório de marketing da Umbrella, enquanto Mikhail se sacrifica para salvar Jill e Carlos de Nemesis, detonando uma granada no compartimento traseiro de um carro no caminho para a Torre do Relógio, fazendo o veículo ficar fora de controle, o qual acaba colidindo com o pátio principal da torre. Como resultado, Jill e Carlos são brevemente separados. No local, Jill chama o helicóptero através do toque do sino, antes de ser confrontada por Nemesis, que destrói o transporte e a infecta com o T-virus. Ela consegue derrotar o monstro temporariamente, caindo inconsciente após a batalha devido ao vírus. Carlos encontra Jill e a leva para dentro da Torre do Relógio. Três dias depois, ele encontra uma cura para a infecção de Jill no Hospital Geral de Raccoon City. Retornando para a torre com a vacina, ele é confrontado por Nemesis por um breve período.

Depois de se recuperar da infecção, Jill prossegue em direção ao Parque de Raccoon e entra na cabine do zelador. Lá, ela descobre a partir de Nikolai, que ele é um dos “supervisores” enviados para Raccoon City, juntamente com a UBCS, para reunir dados de combate a partir de encontros do soldado com armas biológicas da Umbrella. Ele, então, é forçado a sair depois de um tremor que sacode a cabine. Jill segue Nikolai, descobrindo que o abalo foi causado por uma enorme criatura parecida com um verme. Ela derrota o inimigo e escapa para uma fábrica na parte de trás do parque. Dentro do local, Jill se encontra com Carlos, que lhe diz que o governo dos Estados Unidos está planejando lançar um míssil nuclear na cidade para erradicar a infestação do T-virus. Depois de enfrentar Nemesis, Jill descobre na torre de controle da fábrica que o ataque de mísseis em Raccoon City já começou, restando pouco tempo antes da cidade ser destruída.

Na torre de controle da fábrica, Jill encontra Nikolai, que começa a atirar nela a partir de um helicóptero. Jill pode então escolher entre conversar com Nikolai ou destruir o helicóptero. Se Jill negocia com Nicholai, ele revela que matou os outros supervisores e que possuí uma recompensa da Umbrella por acabar com Jill antes de escapar. Independentemente do destino de Nicholai, ela faz seu caminho para o pátio traseiro e confronta Nemesis pela última vez. Depois de uma intensa batalha, Jill o derrota com a ajuda de um protótipo de canhão elétrico antes de encontrar-se com Carlos e escapar da cidade, através de um helicóptero pilotado pelo especialista em armas dos S.T.A.R.S., Barry Burton. A cena final do jogo mostra o míssil nuclear vaporizando Raccoon City e sua população infectada. Algumas imagens de Resident Evil 3:

E, assim, espero que tenham gostado do post! Os mais saudosos, com certeza, lembraram de cada parte ou cena destes jogos e, na parte 2, tratarei dos outros games numerados da franquia. Abraços a todos!

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do YouTube, acompanhar nossas publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e promoções!

Tags:
Miguel Gonçalves

É Autor do UniversoNERD.Net. Analista de Rede e gamer veterano nas horas vagas. Um apaixonado por games e por viver de maneira tranquila.