NEWS!

Bienal Internacional Do Livro 2016

Bienal Internacional Do Livro 2016

Olá, mamães, papais e todos nossos queridos leitores!

Hoje vou contar para vocês um pouquinho da minha visita à 24ª Bienal Internacional do Livro que aconteceu aqui em São Paulo, porém, mais do que falar sobre a Bienal, quero passar um pouco da minha visão sobre o assunto, não só de mãe nerd, como também de professora, futura pedagoga e fã de alguns escritores e obras.

Quando falamos em Bienal, logo vem em nossa mente a imagem de vários estandes, cheios de livros e revistas expostos, muita gente de um lado para o outro, eufóricos com lançamentos ou com algum escritor famoso que esteja presente para uma sessão de autógrafos.

Bom, na minha opinião, uma Bienal do Livro vai muito mais além disso. Passaria muito tempo falando aqui sobre isso, pois além de tudo, sou amante de leitura.

Hoje, devido aos inúmeros avanços tecnológicos e à rapidez com que eles ocorrem, não vemos mais as pessoas se interessarem por livros, escritos no papel. Por isso, as editoras têm disponibilizado a maioria de seus trabalhos, principalmente quando se trata de revistas e jornais, em plataformas digitais.

Eu, particularmente, e devido a minha formação, acho o máximo os livros de literatura em papel. Guardar as coleções, como se fossem tesouros intocáveis (rsrsrsr… pelo menos às mãos dos meus filhos, por enquanto), ter um cantinho na casa reservado somente para isso….

Mas, voltando ao assunto, esta semana estive na Bienal do Livro e fiquei, simplesmente, deslumbrada com a variedade de expositores e, também, de atividades voltadas para o público infantil e adolescente. Talvez não consiga relatar todos aqui mas vou tentar, prometo!

O evento, muito bem organizado, contou com as principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, mais de 400 marcas, apresentando suas novidades e lançamentos para milhares de visitantes esperados. Tudo isso em um espaço de 60 mil m². Além disso, a Bienal contou com uma programação cultural bem variada envolvendo gastronomia, literatura, negócios, entre outros temas e, claro, com muita diversão!

Como fazia algum tempo que não visitava uma Bienal do Livro, achei fantástica a variedade de expositores, cada um com uma novidade! Alguns estandes me chamaram a atenção como, por exemplo, o da Editora Panini, com um corredor onde haviam três painéis interativos para que as pessoas fizessem suas selfies, como se fossem personagens de quadrinhos! Show! Aliás, a maioria dos estandes possuem locais para fotos interativas, com personagens ou cenários de alguma obra famosa como Diário de Um Banana, da Editora V&R , ou Ziraldo, da Editora Melhoramentos. Um outro espaço que me surpreendeu foi o da Editora e Livraria Saraiva que, na minha opinião, foi o maior espaço montado na Bienal.

dsc_1225 dsc_1228 dsc_1230

dsc_1227 dsc_1235 dsc_1236

dsc_1240 dsc_1241 dsc_1242

dsc_1245 dsc_1272 dsc_1294

O primeiro destaque, na minha opinião, foi o Espaço Maurício de Sousa em parceria com a BIC. Várias atividades lúdicas, onde crianças interagiam com os personagens clássicos. Em um dos dias, inclusive, o próprio Maurício de Sousa esteve presente, junto com os personagens Mônica e Cebolinha, para uma sessão de fotos e autógrafos. Outro espaço que mereceu destaque foi o da Disney, com um estande inteiro somente sobre a próxima princesa, Moana. O espaço com uma piscina de bolinhas nas cores temas do desenho foi a atração para as crianças. Um outro destaque foi o estande cultural do banco Itaú, com o projeto Leia para uma criança. Eu, particularmente, participo do projeto há algum tempo e já o conhecia mas, para quem não conhece, é uma ótima oportunidade de conhecer e também, de deixar os pequenos participarem da contação de histórias e de outras atividades. O projeto é muito interessante e incentiva as crianças não só a praticarem o hábito da leitura como também a doarem livros usados para crianças instituições que apoiam essas crianças. Quem não conhece esse projeto, vale a pena pesquisar sobre ele no próprio site do banco Itáu. Não é necessário ser correntista para visitar a página do projeto e nem participar dele. E mais um detalhe: é gratuito!

dsc_1226 dsc_1254 dsc_1285dsc_1261 dsc_1289 dsc_1290

Outras atividades, voltadas mais para o público adolescente, mereceram destaque. Praticamente todos os estandes tinham alguma atração interativa para selfie. Por exemplo, o estande da Editora Rocco estava todo caracterizado com detalhes de cenas dos filmes de Harry Potter! Muito lindo e bem feito! O estande da Panini, com seus painéis para selfies, também estava show! Fora os estandes forrados de novidades sobre Pokémon GO! Aliás, o pavilhão estava forrado de Pokémons e contava com alguns Pokestops também! O foco da visita não era esse, mas por que não unir o útil ao agradável? (rsrsrsr)

dsc_1263 dsc_1262 dsc_1317

Na Bienal ainda pude ver várias editoras e livrarias infantis, como por exemplo a Ciranda Cultural e até mesmo a própria Saraiva com vários lançamentos e, o que eu observei foi a quantidade de estandes com promoções de livros infantis ou de outros assuntos a partir de R$ 5,00. Sabe aqueles espaços montados em estações de metrô e dentro dos shoppings, que são feirinhas de livros? Então, lá na Bienal tinha vários desses estandes e, detalhe: as crianças estavam pirando!

Bem, me encantei pelo estande da Editora Loyola, com o cenário do filme O Pequeno Príncipe. Muito lindo! Até o primeiro livro da história tinha! Foi emocionante ver como algumas histórias sobrevivem gerações …

dsc_1314 dsc_1313 dsc_1311

Um estande que não poderia deixar de destacar é o estande da Legião Nerd! E, claro, como Nerds que somos não poderia ser diferente esse destaque, né? O estande não tinha nenhum efeito mirabolante de apresentação mas, o conteúdo era simplesmente fantástico: desde capachos com dizeres nerds até figuras Funko Pop! Amei! Mas o preço…. ai, ai, ai…..

dsc_1325 dsc_1329 dsc_1324

Redes como Americanas e Submarino também estavam presentes não só com livros mas com a disponibilização de outros serviços, como venda de petiscos variados e, uma coisa que achei muito interessante: o SPOTIFY (aplicativo digital de música disponibilizado na versão free ou paga) foi disponibilizado em vários totens espalhados pelo Pavilhão da Bienal para que os usuários testassem o aplicativo. Apesar de já ser usuária e assinante do app e, claro, já conhecer o serviço, adorei a idéia! Acho que o lugar foi perfeito para divulgação.

dsc_1267 dsc_1265 dsc_1307

O Evento contou com Arenas de Autógrafos, Arenas Culturais, duas praças de alimentação com as mais variadas culinárias, fora alguns quiosques espalhados pela feira.

Pontos Negativos: Na minha opinião foram dois. O estacionamento, que apesar de não estar anunciado no site, o serviço SEM PARAR estava desativado e, os funcionários do guichê, só funcionam aos finais de semana! E, em segundo lugar, a Praça de Alimentação só tinha um local com lanches rápidos. Como fui em um dia com muitas excursões de escola, claro que esse local estava com um pouco mais de fila.

Bom, espero que tenha conseguido dar uma palhinha do evento para vocês! A Bienal do Livro aconteceu do dia 26 de agosto até o dia 04 de setembro e, como sempre, foi um evento imperdível!

Com certeza estarei presente na próxima!

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do YouTube, acompanhar nossas publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e promoções!

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net. Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.