NEWS!

A Importância da Educação Musical

A Importância da Educação Musical

Olá, Queridos Leitores! Hoje quero abordar para vocês um pouquinho sobre a importância da musicalidade no processo de aprendizagem de nossos pequenos. Aliás, esse é um aprendizado que, por trabalhar vários aspectos, a criança levará seus benefícios pela vida inteira.

educacao musical - A Importância da Educação Musical

Em primeiro lugar, vamos definir: O que é música?

Música é uma linguagem que se traduz em formas sonoras, capaz de expressar várias sensações, pensamentos e sentimentos, por meio do relacionamento expressivo entre som e silêncio.

A música está presente em todas as culturas e em vários acontecimentos: os sons musicais não são os mesmos nos diversos povos da humanidade, pois a organização desses sons e seus princípios são diferenciados. Se analisarmos duas músicas distintas vamos perceber a variação de instrumentos, a organização da combinação dos sons e é essa complexidade que torna a musicalização bela e seu aprendizado eficaz. Essas transformações acompanham a história da evolução humana, no que se refere aos avanços tecnológicos e princípios ideológicos, que acompanham o ser humano desde o inicio da escola.

E a importância da música na educação?

Independente do papel exercido pela música na sociedade, a mesma exerce uma influência muito grande sob o ser humano desde, até mesmo, o ventre materno. Estudos feitos na China indicam que bebês que ouvem música desde o ventre materno possuem maior vínculo com a mãe, além de maior atividade cerebral desenvolvida. Além do mais, reduziu, e muito, os sintomas de stress e depressão pós-parto nas mães, ou seja, mamães atuais ou futuras: som na caixa! Os bebês já percebem os sons desde a 20ª ou 21ª semana de gestação. Isso pode ajudá-los nas primeiras semanas de vida à acalmá-los.

Ele vai reconhecer facilmente o som da música que ouvia dentro da barriga.

Ao brincar com instrumentos sonoros, as crianças acabam descobrindo que existem formas diferentes de se fazer música. Através desses instrumentos ou até mesmo do som de sua voz, que a criança começa a juntar sons até então esparsos e dar significados a eles: isso vai ajudar a criança a compreender os sons de sua cultura e desenvolver uma personalidade. Logo, a criança estabelecerá vínculo com crenças e tradições, com a sociedade em que vive. E esse ensino pode e deve acontecer nas escolas, para uma maior socialização.

Na escola, o corpo torna-se um aliado muito importante para o aprendizado de música. É muito comum, principalmente na educação infantil, as crianças se remexerem ou balançarem o corpo ao ouvirem o som de alguma música. Ou então, as crianças misturam duas ou mais músicas, devido ao fato de estarem aprendendo a reconhecer sons e assim conseguir associá-los de alguma maneira.

Por meio desse aprendizado, podemos perceber que é interessante desenvolver atividades que trabalhem a percepção e interiorização do ritmo, intensidade e altura, trabalhar com a forma musical e também desenvolver a expressividade das crianças. Além de tudo isso, as crianças conseguem desenvolver outros conceitos como respeito, a amizade, a cooperação e a reflexão tão importantes e necessários para a formação humana. Além, é claro de trabalhar a noção de movimento e espaço.

Educação Musical 300x173 - A Importância da Educação Musical

Há um tempo atrás, abordei em um post (Inteligências Múltiplas e os Games – Parte I) sobre a Inteligência Musical. Pois bem, segundo estudos, ela se desenvolve a partir dos 3 anos de idade e começa a se estagnar aos 10 anos. Assim, esse período é o ideal para se trabalhar e desenvolver os gostos e aptidões musicais. A música auxilia no aprendizado da Matemática, afinal a música é matemática pura! Auxilia também, o aprendizado de outros idiomas, pois fixa na memória os sons.

É importante ressaltar que o aprendizado da música deve ser contextualizado. Não adianta cantar uma música, na hora do lanche, por exemplo, somente para a criança memorizar que naquele momento vai lanchar. Funciona para aquele momento, mas não existe aprendizado musical nessa situação. O aprendizado com propósito é fundamental para que os resultados sejam positivos.

Mais um aspecto interessante: jamais começar o ensino de música para uma criança, com notas e pautas. Deve-se ensinar a beleza dos sons e, depois, ela mesmo deverá se interessar em saber sobre os pontinhos e riscos pretos das partituras! Já dizia Platão:

a música é um instrumento educacional mais potente do que qualquer outro.

Para mim, como mãe e música, o importante é ensinar a escutar. Temos sons por todos os lados, seja na natureza, na cidade, na nossa casa, nas pessoas e assim por diante. Porém, na maioria das vezes não sabemos escutar esses sons. Se fizermos da música uma aliada, com certeza daremos asas à imaginação das crianças e estaremos auxiliando seu desenvolvimento.

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do YouTube, acompanhar nossas publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e promoções!

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net. Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.