NEWS!

A História Dos ThunderCats E A Polêmica Sobre ThunderCats Roar

A História Dos ThunderCats E A Polêmica Sobre ThunderCats Roar

Olá, queridos leitores. Há mais ou menos três semanas atrás, conversando com meu amigo do UniversoNERD.Net, Miguel Gonçalves, estávamos abordando sobre a polêmica envolvendo a nova animação que o canal Cartoon Network vai fazer do desenho ThunderCats, a qual se chamará ThunderCats Roar. E é sobre esse desenho, em parceria com o Miguel, que será o nosso artigo de hoje. Vamos lá?

O pouco que vi, em alguns canais do YouTube, nas redes sociais de uma maneira geral, foi uma certa indignação por parte dos fãs, com relação ao remake que o canal Cartoon Network decidiu fazer, talvez infantilizando um pouco a série. Eu, particularmente, não tenho nada contra essa iniciativa, mas confesso que achei estranho em um primeiro momento. Vou ter que assistir mais vezes para me acostumar. Apesar de fazer tempo (bota tempo nisso… rs), lembro bem da série quando passou a primeira vez.

Mas, antes de mais nada, vou contar a vocês um pouco sobre a origem do desenho, seus personagens e a evolução que teve durante os anos que se passaram. Afinal de contas, já faz tempo, não é mesmo?

A Origem dos ThunderCats

ThunderCats é uma animação, feita em série, desenvolvida pela Hanna-Barbera, no ano de 1983, baseada nos personagens criados pelo escritor Theodore Walter Wolf e o quadrinista Leonard Starr. A princípio, a animação foi produzida pela Pacific Animation Corporation e, mais tarde, foi adquirida pela Walt Disney Company.

A primeira temporada foi ao ar em 1985, com 65 episódios, seguida do filme ThunderCats – HO! Porém, as temporadas seguintes, 2, 3 e 4, seguiram em um novo formato, com 20 episódios cada. Consegui, depois de procurar muito (vocês nem imaginam o quanto), um vídeo do primeiro episódio, chamado de episódio piloto, dos ThunderCats. O episódio chama-se “Exodus” e o vídeo se encontra no site SapoVídeos. O vídeo está dublado em português e não é necessário fazer nenhum ajuste. Espero que gostem:

x

A série foi distribuída, em um primeiro momento, pela Rankin-Bass Productions, empresa do grupo Telepictures Corporation, que mais tarde se fundiu com a Lorimar Productions, em 1986. Em 1989, a Lorimar foi comprada pela Warner Bros., que assumiu sua distribuição.

No Brasil, a série foi inicialmente exibida em 1986 até 1990 pela Rede Globo, exibindo apenas 100 episódios, dos 130 produzidos. Em 1995, passou a ser exibido também pela Warner Channel e pelo Cartoon Network. Em 2001, passou a ser exibido pelo SBT. Em 1992, a série estreou em Portugal, no canal RTP2.

Um pouco de sua história

ThunderCats conta a história de sobrevivência de um grupo de felinos do extinto planeta Tundhera. O primeiro episódio começa com a destruição desse planeta e a fuga dos ThunderCats (uma espécie de nobreza Thunderiana). A frota é atacada pelos inimigos dos Thunderianos, os Plun-Darr, os quais destruíram todas as naves, exceto a nave-mãe, na tentativa de capturar a Espada Justiceira (Sword of Omens, que aliás é o título do segundo capítulo da 1ª temporada). Essa espada possui o “Olho Mistico de Thundera”, o qual é a fonte do poder dos ThunderCats. O desenrolar da história se dá com os ThunderCats presos ao Terceiro Mundo, onde constroem sua casa, a Toca do Gato. Mas, logo são surpreendidos pelos Mutantes, junto com o demoníaco mumificado, Mumm-Ra. Seus objetivos são destruir os ThunderCats e conseguir o Olho de Thundera.

Todas as temporadas envolve um misto de ficção científica e fantasia, envolvidos em um bom conto tradicional que relata a luta do bem contra o mal, apresentando sempre um aliado e um vilão novo.

Existe uma tecnologia futurista que é tão central para a série quanto a mistura de mito e fantasia. Porém, a série, em momento algum, deixou de enfatizar as questões morais.

A primeira temporada apresentou uma continuidade mais suave entre os episódios. Porém, a partir da segunda e, mais visivelmente na terceira, a sequência entre os episódios fica mais intrínseca, intercalando aventuras no Terceiro Mundo e na Nova Thundera.

O Filme

ThunderCats – Ho!, o filme, foi lançado em 1986, caracterizando o primeiro grande marco da série, pois introduziu três novos personagens que também sobreviveram à destruição do Planeta Thundera. O filme conta com um elenco fantástico de herói e vilões, incorporados à história para torna-la uma aventura sensacional, que atinge seu ápice com o extermínio de Mumm-Ra.

Personagens

A lista de personagens da série é extensa, entre os personagens principais, estão aliados nativos do Terceiro Mundo e também vilões. Como personagens principais, tanto heróis como vilões, temos: (heróis) Lion-O, Panthro, Tygra, Cheetara, Willy Kat, Wili Kit, Lynx-O, Bengali, Pumyra, Jaga, Snarf e Snarfinho; (vilões) Mumm-Ra, Escamoso, Abutre, Simiano, Chacal, Ratáro, Grune e Lunatacs.

Figura 2 - A História Dos ThunderCats E A Polêmica Sobre ThunderCats RoarThunderCats como Anime?

Bem… feitas as devidas apresentações, vamos falar um pouquinho sobre a versão dessa série, feita em Anime. Na verdade, os ThunderCats, lançado em 2011, é um reboot da série, ou seja, foi uma nova versão da série original, uma reinicialização. Muito diferente do remake, que mantém os eventos, personagens e até mesmo a história previamente estabelecida no original.

Esse reboot foi produzido pela Warner Bros., com a animação fornecida pelo Studio 4°C do Japão. Nessa nova versão, os Thundercats formaram um império no Terceiro Mundo, porém seu nível cultural é semelhante à Idade Média. Diziam as lendas que os antepassados dos ThunderCats tinham tecnologia avançada e venceram o feiticeiro Mumm-Ra, tornando-se livres para fundar o Reino de Thundera.

A série teve uma temporada, que foi dividida em duas, com 26 episódios, mas infelizmente, ao término dessa temporada, foi cancelada. Não houve nenhum retorno da produtora com relação à uma sequência e toda a linha de brinquedos e outros acessórios relacionados à série deixaram de ser fabricados.

Personagens

Em sua forma original, Os ThunderCats eram um povo alienígena, possuidores de uma tecnologia extremamente avançada, , que começam a habitar aqui na Terra, após seu planeta, Thundera, ser aniquilado por um fenômeno natural. No reboot, Thundera é um dos reinos do Terceiro Mundo, o mais próspero eu diria, muito semelhante à Inglaterra da Idade Média, com tecnologia escassa, grandes castelos e riquezas e, como sempre, um feiticeiro poderosíssimo.

Figura 1 1024x575 - A História Dos ThunderCats E A Polêmica Sobre ThunderCats Roar

Um anime com traços diferentes, por se tratar de um desenho de 1980… Mas, com toda a beleza de um anime, mesmo assim.

Do lado dos heróis, temos um número menor do que na série original: Lion-O, Panthro, Tygra, Cheetara, Willy Kat, Willy Kit e Snarf. Esses personagens, ao contrário da série original, aparecem com um modo de vida bem rústico, pois não acreditam em tecnologia. O único que acredita é Lion-O, o príncipe.

Já os vilões, os mutantes, possuem um alto pode tecnológico e continuam mai asquerosos do que nunca. São eles: Slithe (Escamoso), Mumm-Ra, Abutre, Simiano e Chacal. Lembrando que os personagens que estou colocando aqui são os considerados principais, não quer dizer que os outros não apareçam durante a série.

ThunderCats Roar

Como disse no começo do artigo, conversei com o Miguel sobre este desenho há umas três semanas. O assunto da nossa conversa foi justamente sobre a aceitação do público, quanto a esta versão.

Acho que, assim como eu, os fãs da primeira versão, ao ouvirem falar sobre uma nova versão, esperam, bem lá no fundo, ver algo que lembre a versão que assistimos na infância. Só que nem sempre isso acontece. Muitas dessas nostalgias vêm bem diferente, mais nova, redesenhada e adaptada para o público atual.

Confesso a vocês que, em um primeiro momento, também esperava ver algo diferente e fiquei um tanto quanto “chocada”. Mas, fui assistir alguns vídeos e explicações por parte do produtor e acabei olhando para a animação de outro jeito. Não vou dizer a vocês que é o tipo de animação que gosto, mas acredito que essa versão foi feita mais para a geração atual do que para os fãs da década de 1980 e 1990.

Figura 2 1024x588 - A História Dos ThunderCats E A Polêmica Sobre ThunderCats Roar

ThunderCats Roar acompanha a tendência de desenhos que temos hoje: desenhos disformes, com algumas partes do corpo desproporcionais ao corpo em si.

Levando em consideração que a geração atual está acostumado com desenhos com estilo como o do Steven Universe ou Incrível Mundo de Gumball, a nova versão do Thundercats seguirá mais ou menos essa linha, quer seja no estilo de desenho, quanto na animação. 

Apesar de ter lido muitas críticas a respeito e assistido muitos vídeos no YouTube criticando em um primeiro momento, acredito que as pessoas se acostumarão com a série com o tempo. Provavelmente, haverá uma parcela do público que realmente não vai aceitar, mas acredito que o universo das animações é extremamente vasto e sempre haverá espaço para novas versões ou para novas animações.

Bem, Victor Courtright, o produtor da animação, garantiu em algumas entrevistas a periódicos que a essência dos ThunderCats será mantida, tanto no que diz respeito ao toque cômico, quanto à ação da série.

Os personagens serão praticamente os mesmos da primeira versão, porém ninguém sabe ao certo ainda quantos serão e se terá a participação de todos, pelo menos não há nada oficialmente confirmado. Segue abaixo, um vídeo com a abertura de ThunderCats Roar. Infelizmente, não consegui um vídeo com legendas, mas o áudio não comprometerá sua compreensão:

x

A animação está com a previsão de estreia em 2019, mas não se sabe ainda exatamente quando será. Com certeza, ficarei atenta para escrever novamente, assim que for lançada.

O que vocês acharam dessa nova versão? Conte para nós, afinal a opinião de vocês é extremamente valiosa!

Vou ficando por aqui! Espero que vocês tenham gostado!

______________________________________________________________

Se você gostou deste artigo, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

< x >

Tags:
Paula Souza

É Editora e Autora do UniversoNERD.Net, Professora de Língua Portuguesa e Inglesa, amante de leitura e Literatura, além de gamer nas horas vagas.