NEWS!

Toby: The Secret Mine, Uma Sombra De Limbo?

Toby: The Secret Mine, Uma Sombra De Limbo?

O game Toby: The Secret Mine é uma criação do estúdio Lukas Navratil Games onde temos um jogo no estilo plataforma com diversos puzzles (quebra-cabeças) que lembra, e muito, o conhecido “Limbo“, mas com uma quantidade e variedade maior de cores nos cenários de fundo ao longo da história.

A desenvolvedora indie não guarda segredo sobre quais títulos a inspiraram na criação deste game, pois muito de seu charme vem dos elementos emprestados de Limbo, Nihilumbra, Type: Rider e também de Badland.

A semelhança com games conhecidos pode ser perigosa, especialmente para um título posterior!

Então, antes de abordar sobre o game, assista ao vídeo abaixo que contém o Trailer de lançamento para o console Xbox One. Em seguida, estarei escrevendo sobre a história, também com relação a elementos importantes e aspectos de inovação. Por fim, se jogou Limbo ou Badland, vale a pena conferir.

O game possui uma trama muito simples, para que o jogador possa interferir no que está acontecendo ao longo da história. Este é um elemento que pode ajudar bastante para o game ser considerado como bem sucedido. A história é interessante e envolve uma civilização de gatos de olhos brancos que está sendo atacada por gatos grandes e de olhos vermelhos, mas sem prejudicar a diversão com muitos textos.

O personagem principal, Toby (e suponho que esse é seu nome, embora nunca seja mencionado em outro lugar a não ser no titulo do jogo), atravessa toda a história, rastreando os gigantes de olhos vermelhos que levaram seus amigos. Combinado com um tom assustador o suficiente, é uma premissa que parece muito fácil desde o início. Com o desenrolar da trama, começa a mostrar que existe algo muito sombrio.

Porém, esse algo sombrio nunca se desenvolve completamente, a menos que você considere que um dos dois finais seja inesperado ou imaginativo o suficiente. Para um enredo que parece tirar o seu fôlego a qualquer momento, nunca se completa, mesmo ao final que não deixa pistas ou expectativas de ações posteriores.

Infelizmente, o game não traz nenhuma inovação a esse gênero e isso pode causar certo desânimo.

Essa falta de inovação, também da questão de progressão no desenrolar da trama, se estende por toda a experiência e Toby não recebe novas habilidades ou novos acessórios… não que isso seja esperado! Afinal de contas, estas, dificilmente, são características de um game no estilo plataforma em 2D. Ainda assim, isto não significa que o gênero não possui recompensa aos jogadores, de alguma forma.

Conforme mencionado anteriormente, Toby: The Secret Mine não ganha nenhum ponto no quesito novidade, nem tão pouco na qualidade da jogabilidade. As plataformas de “quebra-cabeças”, geralmente, encontram sucesso ao introduzir o jogador em um novo conceito e, em seguida, lançando um novo elemento para tornar as coisas mais interessantes e, em última instância, fazer com que o jogador sinta que aprendeu algo.

Embora a dificuldade aumente no início do game, a medida que o tempo vai passando, torna-se mais tedioso do que mais desafiador e as soluções para certos quebra-cabeças, às vezes, se mostram irreflexivas.

Os enigmas, às vezes, não chegam à conclusão nenhuma durante o desenrolar da história.

Quanto à imersão dos enigmas, não ultrapassam a classificação como desafio simples. Quando você encontra um novo obstáculo que parece insuperável, a solução, provavelmente, estava escondida alguns passos atrás. Na primeira vez que isso acontece, percebe-se que o game consegue “enganar” momentaneamente

Embora sejam características emprestadas, dois dos aspectos mais impressionantes são o visual e os sons do ambiente. A visão no estilo silhueta, pode causar um efeito do tipo “já estive lá” para algumas pessoas.

Quando a morte atinge Toby (e irá ocorrer muitas vezes), não tem o mesmo nível de violência gráfica de Limbo, mas é possível imaginar o dano que Toby sofreu pela maneira como ocorreu. A apresentação do game permite isso! E a trilha sonora serve, principalmente para ajudar na atmosfera que envolve a história.

Embora a jogabilidade como um todo comece e termine envolvendo dificuldades muito contrastantes, nunca varia o bastante a ponto de ser divertida de fato!

A atmosfera “obscura” deste game do estúdio da República Tcheca se justapõe com elementos contendo um pouco de humor. Os personagens são agradáveis, tanto com relação à sua aparência quanto na forma como se apresentam. Quando Toby não consegue interagir com um determinado objeto, balança a cabeça e quando salva um dos seus amigos cativos, ele se alegra com deleite

Esta combinação de um estilo escuro com leveza ocasional não se percebe durante todo o momento. A harmonia de tons conflitantes é, na verdade, um dos únicos aspectos do game que é original e bem executado.

Para o crédito deste game, os personagens combinam com o mundo duro que a Lukas Navrátil criou. Ao longo da história, Toby irá atravessar florestas, desertos e montanhas congeladas para libertar seus amigos. Os perigos que se escondem nesses lugares são extremos, mas o mesmo estilo de arte que estabelece alguns desses elementos mais assustadores é o mesmo que define o povo de Toby.

O desempenho é bom como um todo, com apenas alguns momentos que podem causar frustração.

No entanto, o mundo do game “sofre” com a alteração de ambientes variados, resultando em uma amálgama desarticulada. Depois de completar um nível no deserto, por exemplo, enquanto a tela se mostrava brilhante, o jogador espera que ocorra alguma revelação ou momento de clareza para Toby. Em vez disso, você irá aparecer inexplicavelmente em outro ambiente, como no topo de uma montanha nevada. Nada mais do que isso! A mesma continua nas demais áreas, sem qualquer sentido.

Antes da conclusão ou avaliação, seguem quatro imagens de cenários distintos do game. Dê uma olhada em cada uma delas, perceba a grande semelhança com o conhecido game Limbo (do estúdio dinamarquês Playdead), mas com a visível diferença de fundos coloridos e contendo tonalidades de uma mesma cor.

toby the secret mine 300x169 - Toby: The Secret Mine, Uma Sombra De Limbo?

toby the secret mine 1 - Toby: The Secret Mine, Uma Sombra De Limbo?

toby the secret mine 2 1073x604 - Toby: The Secret Mine, Uma Sombra De Limbo?

toby the secret mine 3 - Toby: The Secret Mine, Uma Sombra De Limbo?

O resultado final é um game de plataforma envolvendo “quebra-cabeças” que lembra muitos outros do gênero, mas em uma forma muito mais apática. Além disso, com apenas cerca de três horas de duração, com poucas razões para jogar novamente, com a exceção de um final alternativo, mas podendo apenas jogar o último nível novamente para obtê-lo, e a perda de alguns itens colecionáveis, Toby: The Secret Mine não é um game que vale a pena jogar antes de experimentar os games que o inspiraram, principalmente Limbo.

O game possui uma variedade de versões para Steam (PC com Windows ou Linus, além de Mac), dispositivos mobile (Android e IOS), Apple TV e consoles Wii U, PS4 e Xbox One.

Este post teve a colaboração da Autora e Revisora Paula Souza!

Espero que tenham curtido e até breve!

_________________________________________________

Se você gostou deste post, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções!

Tags:
Reinaldo Vargas

É Idealizador e Autor do UniversoNERD.Net. Professor Universitário e gamer nas horas vagas. Sempre informado sobre ensino, ciência, tecnologia e games.