NEWS!

Coletáveis, Uma Doce Agonia

Coletáveis, Uma Doce Agonia

Os coletáveis, aqueles “adoráveis” objetos virtuais muitas vezes pequenos, que em sua maioria não aparecem no mapa e que você, meu amigo gamer compulsivo e completacionista, está louco para encontrar… aqueles pequenos e quase invisíveis “vírus” espalhados em praticamente todas as categorias de jogos, escondidos abaixo de uma ponte, em cima de uma montanha, em um buraco tão fundo que só pode chegar no inferno…

… Enfim, todos sabemos que é ali que nasceu o coletável, o filho malvado de Melkor!

Coletáveis… Minha opinião e pesquisa com parte da comunidade

Obviamente, não estamos falando de todos os coletáveis. Tem também coletável bom, aquele que precisa para abrir uma porta no jogo e continuar a história ou que desbloqueie coisas legais e se finja de side-quest. Mas agora, estamos falando dos malvados, que nem tentam se esconder atrás de uma conquista secreta como as “Bandeiras de Richard” em Assassin’s Creed e tem piores… os coletáveis bugados! (som de trovão).

Cada vez que abro um jogo penso em muitas coisas, desde a história até as conquistas, bugs e easter eggs e logo na primeira missão, percebo alguma coisa brilhando fora do percurso da história, não sei bem o que é, mas só pode ser uma coisa que vai me dar dor de cabeça e nem sei quantos irmãos essa coisa infernal tem… quando me aproximo, o coração bate mais rápido, continuo torcendo que seja um objeto de missão único, me iludo que seja assim, me aproximo pouco a pouco, hesitante e paro um momento com o dedo tremendo ao me aproximar, sempre mais, uso a minha última gota de coragem e passo através dele (ou aperto um botão), aí o pesadelo começa, com uma frase simples: “1 de 500 coletáveis encontrados”.

Quantos de nós passamos horas com um mapa criado por um cara que no desespero total, decidiu dar um pouco de alívio a nós, jogadores? Quantas horas que teríamos gastado fazendo missões ou, pelo menos, nos divertindo? Quantas passaríamos tristes com aquele mapa na mão por culpa dos “demônios” dos desenvolvedores que quiseram por estes artefatos infernais em cada ângulo do mapa do nosso amado jogo?

saga assassins creed - Coletáveis, Uma Doce Agonia

Assassin’s Creed é uma das franquias que mais possuem itens coletáveis em seus jogos!

Mas porque eles fazem isso?

Quis procurar em cada canto da internet (sem mapa ou cheat) explicações para tudo isso e achar o que motiva desenvolvedores, jogadores e streamers a pôr e procurar por estes pequenos pesadelos.

Os desenvolvedores deveriam deixar os jogos mais atrativos para todo o mercado, mas com centenas de coletáveis, os únicos a serem felizes com isso poderiam ser os completacionista que teriam um desafio maior, mas todos os outros ficariam meio chateados e não iriam nem tentar fazer todo este percurso para obter a conquista/troféu (ou o prêmio final) e, como no meu caso, que sou um jogador padrão, isso me deixa com bastante raiva… alguns jogos, através dos coletáveis, me trouxeram a explorar o mapa e ver uns detalhes fantásticos do que os desenvolvedores inseriram, mas são poucos.

Uma maneira de não ver os coletáveis, os que não mexem com a história principal, é ignorar eles e se aparecem no caminho, está ótimo, mas caso o jogo pare de ser divertido, podem ser deixados de lado e passar para outra atividade. Isso é o que boa parte dos gamers “normais” que jogam por diversão acham e basicamente, concordo com eles, mas uma vozinha às vezes, começa a falar na minha cabeça: “Olha, aquela conquista dá pra fazer fácil, é só achar todas as bandeiras”. No fundo eu gosto de conquistas e 100% (mas sou muito preguiçoso para isso) e acabo antes deixando o jogo em 50%.

Passe horas procurando por coletáveis e comece a odiar os desenvolvedores, o jogo e a franquia.

Tem pessoas por aí, como um dos maiores caçadores de “pontos G do Brasil (o “G” de Gamerscore do Xbox… não pensem mal!), ArnaldoDK, que no vídeo “Eu ODEIO Coletáveis“, publicado no YouTube, deixa bem clara sua opinião a respeito dos coletáveis. Eu concordo muito com ele, pois como escrevi mais acima, coletável sem mapa é querer que o jogador comece a odiar o jogo, a franquia, o desenvolvedor, o cachorro dele e também o vizinho que não o impediu de inserir todos estes objetos malvados em qualquer lugar.

Cada jogo que contenha itens coletáveis (seja conectados com conquistas ou não), deve ter uma maneira clara para achá-los sem fazer o jogador se estressar, como por exemplo um mapa que se possa comprar no jogo com dinheiro virtual e contendo os coletáveis e o status deles, é uma maneira melhor!

Os jogadores completacionistas já são mais robot do que os jogadores casuais, são “máquinas” com ótima resistência, muita paciência e uma determinação incrível, pois para eles não existe conquista inalcançável e isso significa que mesmo que gostem (os robot têm preferências ou sentimentos?) ou não, precisam encontrar todos os coletáveis do jogo e chegar na ultima conquista!

E gostos são gostos… Vamos saber mais?

Mas afinal, é sempre questão de gostos e de “limite para sofrer” como relataram felicitybrazil e Nivea Miranda. Os dois representam um grupo de jogadores que se o jogo é divertido e faz com que se apaixonem, vamos coletar e caçar conquistas, ou a paciência se esgota e o limite é superado deixando só um pedido para os desenvolvedores: deixem os coletáveis na história e parem de sacanear os jogadores com coletáveis, como no jogo Shadow Warrior ou o primeiro Assassin’s Creed! Com uma opinião semelhante, Hightower Branco pede mais coletáveis que complementem a história, mas quer que os desenvolvedores ponham mais criatividade e não só coloquem um monte de coletáveis em um mapa enorme e sem sentido.

Sempre tem quem não se importa com isso e que busca todos os colecionáveis em jogos que gosta muito, como nosso amigo Fernando Paes de Barros (Xbox GT: Owensurf Br), que achou todos em Gears of War 4!

E no grupo de jogadores que caçam conquistas tem umas moscas brancas (brincadeirinha… Rs.) que acham interessantes, como Rodrigo Steegmüller , que jogando apenas por diversão, gosta de caçá-los aos montes para obter as conquistas associadas, tanto dentro quanto fora do game.

gta5 mapa coletaveis - Coletáveis, Uma Doce Agonia

Um fã criou mapa interativo de GTA 5 com todos os coletáveis para facilitar a vida dos jogadores. Para ver, clique na imagem!

O feedback da galera

Quase todos os que deram retorno e opinião ao nosso formulário de pesquisa são pro ou contra os coletáveis, mas concordam em uma coisa: “Menos é mais!” (recado da Nivea Miranda para a Ubisoft) e o coletável  tem que ter apenas um papel de contorno para a história, adicionar informações, mas sem influenciá-la!

Pessoalmente, acho legal ter uns coletáveis com uma boa história e um desbloqueio legal no fim, como as peças de UFO em GTA 5 desbloqueiam um buggytuning” ou algum coletável que permite explorar os pontos de interesse do mapa para ver os detalhes que os desenvolvedores criaram no jogo. Mas quando tem que achar ~400 bandeiras sem mini mapa, acho isso muito desnecessário e tira a vontade de jogar. Por isso, tentei fazer uma lista com umas “regras” (bom senso) para fazer todos nós voltarmos a gostar dos coletáveis…

As 8 regras do coletável “aceitável” para NÓS jogadores:

  • Não exagerar com o número de coletáveis;
    (10, 20 ou pouco mais dependendo da dimensão do mapa)
  • Mostrar claramente quando um coletável for adquirido;
    (Mensagem na tela com o número restante e som bem claro)
  • ID único com rastreamento;
    (Nomear os coletáveis para ter uma ideia precisa dos que faltam a ser colecionados)
  • Ter uma história que inclua os coletáveis;
    (Nada de coisas jogadas a toa, mas uma história que se conecta com coletáveis seria a melhor forma)
  • Dar um prêmio por completar uma coleção de coletáveis;
    (Ao pegar todos os coletáveis, dar ao jogador um objeto de jogo ou um avatar físico… seria exceptional)
  • Não colocar coletáveis em sub-mapas com acesso temporário;
    (Coletáveis acessíveis fora das missões desde o começo e não ter que jogar as missões muitas vezes)
  • Mapas dos coletáveis com status;
    (Ter a possibilidade de comprar in-game os mapas dos coletáveis com dinheiro de jogo)
  • E, se possível, evitar dar conquistas;
    (Mas se for obrigado ou essencial, colocar pontuação mais alta)

Para mim, isso seria o bastante para que os jogadores possam gostar (e ter paciência) de coletar todos os ítens colecionáveis no jogo sem perder a vontade de jogar uma franquia…

… Assassin’s Creed estou falando de ti… 🙂

Enfim, um agradecimento especial a todos os que participaram desta simples pesquisa e que deram valiosas contribuições com opiniões de quem vive neste mundo maravilhoso dos videogames!

_________________________________________________

Se você gostou deste post, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e demais promoções.

< x >

Tags:
Daigor Landi

É Autor/Colaborador do UniversoNERD.Net. Gringo trabalhando como desenvolvedor software, obcecado por videogames e tecnologia. Passo o tempo entre Xbox, trabalho e ouvir os xingamentos de quem revisa os meus artigos!