NEWS!

Card Games: Cultura Nerd Esquecida? – Parte 1

Card Games: Cultura Nerd Esquecida? – Parte 1

Olá, caros amigos nerds. Conforme confidencia meu perfil, minhas “nerdices” não se resumem a cinema, hardware e RPG. Durante muito tempo da minha vida, as principais diversões que eu tinha eram a de colecionar e jogar card games, em especial, o famosíssimo Magic: The Gathering.

Geralmente, minhas tardes de sábado e domingo entre os anos de 2000 a 2006 eram passadas na ainda existente Devir, localizada na cidade de São Paulo, no bairro do Cambuci…

…Ficava lá até tarde da noite, sempre jogando, trocando e vendendo cartas.

Galera na Devir jogando Magic e outros card games. (Fonte: Let’s Collect Blog)

Entretanto, devido a estudos, trabalho e outras situações da vida, aos poucos fui parando de frequentar o local. Posteriormente, vendi todas as minhas cartas. Quando dei por mim, percebi que tinha abandonado esse hobby. Hoje, percebo que isso não aconteceu apenas comigo!

Por esse motivo, resolvi fazer uma homenagem a esse entretenimento nerd tão envolvente, estratégico e diversificado: postar uma minisérie sobre esse estilo de jogo dividida em três partes. Nessa primeira, contarei um pouco sobre a sua origem, conceito e primórdios.

Preparados?

Os jogos de carta colecionáveis, conhecidos como card games, trading card game (TCG) ou collectible/customizable card game (CCG), são jogos dispostos em baralhos de cartas que são jogados por meio de regras próprias, onde cada um tem objetivos específicos baseados nas cartas que o compõem, bem como na interação que elas proporcionam.

O primeiro CCG data de 1904. Chamava-se The Base Ball Card Game e tratava-se de um jogo sobre beisebol. As cartas continham fotos clássicas dos jogadores mais famosos da liga americana na época.

Podendo ser jogado por até nove jogadores, simulava uma partida de beisebol. Com uma temática simples, as cartas representavam as posições do esporte, dispostas no campo do jogo (em formato de diamante), onde os pitchers arremessavam a bola e tentavam eliminar os rebatedores, que por sua vez tentavam rebater os arremessos e, se possível, conseguir o home run (rebater a bola para fora do campo de jogo).

O mais curioso é que esse jogo, desenvolvido pela Allegheny Card Corporation, nunca chegou a ser publicado. Há apenas uma cópia original dos 112 cards que compõem o jogo, raríssimos atualmente e vendidos a preços exorbitantes. O jogo se popularizou na versão produzida entre as décadas de 1950 a 1960; esses, publicados pela Ed-u-Cards Manufacturing Corporation.

Nessa mesma época, a empresa Strat-O-Matic, fundada em 1961 e localizada na cidade de Glen Head, no estado americano de Nova Iorque, desenvolveu uma série de jogos baseados nos esportes americanos. Durante as décadas de 1960 e 1970, produziu diversos card games que reproduziam os jogos de beisebol, basquete, futebol americano e hóquei no gelo.

Outro CCG bastante memorável e ainda facilmente encontrado nos dias de hoje, é o Nuclear War. Foi criado em 1965 pelo engenheiro aeroespacial Douglas Malewicki. Trata-se de um jogo satírico que aborda uma possível destruição do planeta causada pelo uso de armas nucleares.

Qualquer semelhança com a Guerra Fria é mera coincidência…

O jogo deve ser jogado por mais de duas pessoas. Cada jogador recebe cartas que indicam o tanto de população que deve ser protegida durante a guerra (que varia de 1 a 25 milhões de pessoas) e, com cartões divididos em categorias como “segredos”, “propagandas”, “armas de destruição”, “lançadores” e “armas especiais”, duelam entre si até que alguém consiga vencer a “guerra”.

O jogo é produzido até hoje, sendo propriedade da Flying Buffalo desde 2012. Outro jogo polêmico, criado em 1981 por Steve Jakson (importantíssimo nome do RPG, criador do GURPS) é Illuminati: New World Order.

Nesse card game, cada jogador representa uma personalidade que, por meio de uma sociedade secreta, tenta impor seus interesses ao restante do mundo. O jogo possui três tipos de cartas, sendo elas chamadas de “cartas illuminati”, “cartas de grupos” e “cartas de evento”, além de dinheiro.

Illuminati ficou muito popular. Sua polêmica consiste na ideia de que ele “previu” vários dos mais importantes acontecimentos das décadas de 1980, 1990 e começo dos anos 2000.

Consegue relacionar alguns acontecimentos verídicos nos cards abaixo?

Sem dúvida alguma, todos esses jogos citados introduziram o conceito de jogos de cartas colecionáveis e aos poucos foram conquistando público, até que no começo de 1990 surgiram títulos que viraram febre mundial.

Mas sobre isso, conversaremos num outro momento.

Até breve, amigos nerds!

_________________________________________________

Card Games: Uma Cultura Nerd Esquecida? é uma minisérie composta de 3 posts onde o autor faz uma homenagem a esse entretenimento nerd tão envolvente, estratégico e diversificado.

ESTE É O PRIMEIRO TEXTO!

Se você gostou deste post, não deixe de participar através de sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog, curtir a Página no Facebook, interagir no Grupo do Facebook, além de acompanhar publicações e ficar por dentro do Projeto Universo NERD, de sorteios, concursos e promoções!

Tags:
Lukas Melo

É Editor e Autor do UniversoNERD.Net. Profissional da área de EaD, aficionado por RPG, hardware e cinema. Porém, não nega outras nerdices.